in

Cinco jogadores do Barcelona testaram positivo para o coronavírus

Miguel Ruiz - Divulgação - Barcelona
Publicidade

A pandemia do coronavírus deixou o futebol mundial em um cenário de incerteza. Com a redução significativa de casos, a Espanha liberou os times para retomar os treinamentos há algumas semanas e o certame nacional tem previsão de retorno para esse mês. Durante o pico da doença no país, nem mesmo os jogadores ficaram imunes.

Na última segunda-feira (01), a rádio catalã RAC1 informou que cinco jogadores do Barcelona e dois integrantes da comissão técnica de Quique Setién testaram positivo para a Covid-19 no início da pandemia. O veículo informou que todos os infectados se mostraram assintomáticos e na nova bateria de exames realizada pela La Liga, testaram negativa para a doença.

De acordo com a rádio, o Barcelona e a organização do Campeonato Espanhol optaram por manter o sigilo e não divulgar a notícia. 

Publicidade

A volta aos trabalhos

Publicidade

No dia 8 de maio, o governo da Espanha autorizou os clubes a retomarem as suas respectivas atividades. Antes porém, todos os jogadores, comissão técnica e funcionários dos clubes passaram por duas baterias de exames da Covid-19. 

Dois dias após a retomada dos treinamentos, a organização do Espanhol informou que em 2.500 testes realizados em 42 equipes, oito testaram positivo.

Após a liberação para os treinos coletivos, o Barcelona voltou a treinar completo nesta segunda-feira (01). Esta é a quarta fase para o regresso do futebol no país. Após um longo hiato de três meses, o Campeonato Espanhol será retomado no dia 11 de junho com o clássico entre Sevilla x Betis.

O Barcelona, por sua vez, entra em ação no dia 13, quando visita o Mallorca, às 17h.

Publicidade
Next post

Neymar e o contrato que o Barça tem esperando por ele

Menino atacado por tigre no Paraná vira paratleta da Natação em reviravolta de superação