in

Torcidas organizadas vão ser investigadas em SP

Reprodução: Globo News
Publicidade

As torcidas organizadas dos principais clubes de São Paulo já se envolveram em diversas brigas ao longo dos últimos anos. Desde o começo dos anos 1990, a violência desses grupos têm se alastrado por todo o Brasil. Nas arquibancadas, eles fazem lindas festas. Fora delas, o resultado nem sempre é dos melhores.

Em 2017, o Globo Esporte divulgou um levantamento que informava que até aquele ano haviam morrido 303 pessoas em confrontos envolvendo torcidas organizadas. Brigas envolvendo Mancha Verde, Independente e Gaviões da Fiel são comuns.

Clássicos em SP só com torcida única

Diante da violência desses grupos, a Justiça impôs a necessidade de se fazer jogos com torcida única em todo o estado de São Paulo. Em clássico no Estádio do Morumbi, somente a torcida do São Paulo está presente. Quando o jogo é na Arena Corinthians, apenas alvinegros comparecem. Confrontos no Allianz Parque tem somente palmeirenses.

Publicidade

Isso também acontece em outros estádios do estado. Na Vila Belmiro, apenas santistas podem comparecer. A medida visa evitar confronto entre os torcedores nos arredores dos estádios, como quase sempre acontecia em clássicos.

Publicidade

Torcidas organizadas serão investigadas

Nesta segunda-feira (1º) foi anunciado que as torcidas organizadas serão alvos de mais uma investigação. Agora, em relação à presença em manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro. O objetivo é saber se os grupos foram à Avenida Paulista com a intenção de arrumar confusão e agredir pessoas que protestavam a favor do presidente. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Coronavírus: clubes cariocas registram 157 casos de Covid-19

Caso Ronaldinho: terceiro brasileiro preso recebe duro castigo da Justiça