in

Coronavírus: jogador de 25 anos morre e federação de futebol faz triste anúncio

Picdn/Montagem Russel
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus fez a primeira vítima no futebol profissional. Nos últimos meses, muitos jogadores foram diagnosticados com a Covid-19 (doença causada pelo coronavírus), no Brasil, na Europa e em outras partes do mundo, mas nenhuma vítima fatal havia sido registrada até o último sábado (30).

A Federação Boliviana de Futebol (FBF) anunciou no último sábado que Deibert Román Guzmán, de apenas 25 anos, morreu em decorrência da Covid-19. O jogador defendia o Club Universitário de Beni, da segunda divisão da Bolívia, e não resistiu à contaminação.

O atleta morava com o pai, Belisario Román, e o tio, Luis Carmelo Román, que faleceu por Covid-19 semanas atrás. A Bolívia registra cerca de 10 mil casos de Covid-19 e registrou 313 mortes até o momento.
O falecimento de Deibert virou assunto nas redes sociais. O mundo enfrenta a pandemia e mais de 370 mil mortes.

Publicidade

Federação Boliviana lamenta morte

A Federação Boliviana de Futebol (FBF) fez uma postagem lamentando a morte de Deibert Guzmán. “A Federação Boliviana de Futebol expressa suas sinceras condolências à família e aos amigos de Deibert Román Guzmán, pedindo a Deus renúncia e força nesses tempos difíceis”, diz o comunicado publicado pela entidade.

Publicidade

O Club Universitário Beni também emitiu comunicado, assinado pelo presidente, lamentado a morte do atleta. “Expressamos nossa dor e nossas sinceras condolências à família e amigos de Deibert Guzmán e oramos a Deus para lhes dar forças para superar esse difícil momento”, diz a nota assinada por Ángel Suárez.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

São Paulo: contrato de ‘craque’ chega ao fim e ele está fora da equipe

Coronavírus: clubes cariocas registram 157 casos de Covid-19