in

Mourinho veta chegada de craque brasileiro no Tottenham; entenda o motivo

Divulgação - Manchester United
Publicidade

Apesar da paralisação do futebol mundial, os rumores no mercado da bola seguem quentes. Com o futuro indefinido, o meia Philippe Coutinho ainda não sabe em qual equipe atuará na próxima temporada. Apesar de ser cotado no Tottenham, o jogador brasileiro não deve vestir a camisa do Spurs, e o técnico José Mourinho tem importante influência nesse veto.

De acordo com informações do jornal espanhol Marca, o Barcelona ofereceu o jogador ao clube londrino, mas o Special One se mostrou contra a negociação. O principal motivo se deve ao alto investimento que a contratação de Coutinho representa, bem como os seus elevados vencimentos.

Atualmente, o craque brasileiro recebe cerca de 15 milhões de euros por ano (cerca de R$ 88,8 milhões), cifras estas fora da realidade do Tottenham, principalmente por conta da crise implantada em função da pandemia do novo coronavírus.

Publicidade

Não fica no Bayern

Emprestado ao Bayern de Munique até o fim desta temporada, Coutinho não emplacou no clube bávaro, tanto que a diretoria já admitiu que exercerá os direitos de compra do jogador junto ao Barcelona, estipulado em 120 milhões de euros, e já expirado.

Publicidade

Se recuperando de uma lesão no tornozelo, Coutinho tem sua permanência no Barcelona como incerta. O meia possui contrato com o clube blaugrano até junho de 2023, mas pode ser negociado, o futebol inglês aparece como destino mais provável para o jogador.

O técnico blaugrano, Quique Setién, já cogitou utilizar o craque no Barcelona na próxima temporada. Contratado por cifras milionárias junto ao Liverpool, o jogador brasileiro oscilou bastante no futebol espanhol, e foi criticado por diversas vezes por torcedores e pela imprensa local.

Publicidade
Next post

Final da Libertadores de 99, 7 a 1 e mais: saiba como assistir às reprises deste domingo (31)

Cruzeiro vai falir? Cartola bate o martelo e manda recado: ‘muita gente vai passar raiva’