in

Flamengo x Globo: o acordo para transmissão do Carioca que seria bom para os dois lados

Coluna do Fla
Publicidade

Flamengo e Globo podem estar próximos de um acordo pelos direitos de transmissão do Campeonato Carioca 2020. No começo do ano, não houve acordo entre as partes. A Globo queria pagar R$ 18 milhões pela transmissão do Estadual. O Flamengo pediu R$ 100 milhões. Com a cifra inviável, a emissora descartou acordo e não exibiu os jogos da equipe.

O resultado foi ruim para ambos os lados, mas talvez um pouco mais para a Globo. Sem jogos na TV, a torcida do Flamengo lotou o Maracanã nas partidas do Rubro-negro. Já a Rede Globo amargou baixa audiência. Em 2019, a audiência média com jogos do Fla foi de 20 pontos e 42% de share (participação entre os televisores ligados no horário).

Em 2020, sem o Rubro-negro, a audiência caiu para 17 pontos de média e 35% de share. A Globo apostou em jogos de Botafogo, Fluminense e Vasco diante da impossibilidade de exibir as partidas do time comandado por Jorge Jesus.
 

Publicidade

Transmissão dos jogos do Flamengo pode ser boa para os dois lados

A Globo estaria disposta a pagar ao Flamengo valor proporcional às partidas que faltam ser disputadas no Campeonato Carioca – ainda não há data oficial para retorno da competição. O acordo deve ser bom para os dois lados. O Rubro-negro precisa de dinheiro e a entrada da cota de TV chegaria em boa hora. Nesta quinta-feira (28), por exemplo, o Fla perdeu o patrocínio master do banco digital BS2.

Publicidade

Para a Globo, seria uma forma de ter o time de maior torcida do Brasil e com garantia de boa audiência. A emissora tem exibido jogos antigos para compensar os patrocinadores do futebol do canal, que desembolsaram muito dinheiro para ter suas marcas expostas. O problema é que a audiência não tem sido satisfatória. Com o Flamengo, isso não deve acontecer. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Com salário mensal de R$ 2,5 milhões, Roger Guedes define futuro no Brasil

Pesquisa: apenas 10% dos jogadores de futebol recebe mais de R$ 40 mil por mês