in

Com salário mensal de R$ 2,5 milhões, Roger Guedes define futuro no Brasil

Divulgação Atlético-MG
Publicidade

O Atlético-MG sonha com a volta de Roger Guedes e fez investidas ao jogador para tentar tirá-lo do Shandong Luneng, da China. O problema é que o futebol chinês vive uma realidade paralela se comparada até mesmo com grandes centros da Europa. O salário do atacante brasileiro é surreal.

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo, Roger Guedes recebe cerca de 5,5 milhões de euros (R$ 32 milhões na cotação atual) por ano. Dividido por 12 meses, os seus vencimentos a cada 30 dias são superiores a R$ 2,5 milhões. Nenhum clube brasileiro teria condições de pagar algo próximo disso.

Daniel Alves, do São Paulo, tem o salário mais alto do futebol brasileiro: R$ 1,5 milhão por mês no time paulista. Gabigol, centroavante do Flamengo, receberia R$ 1,350 milhão por mês. Os vencimentos mensais de Roger Guedes supera, e muito, os salários dos craques de São Paulo e Flamengo.

Publicidade

O custo para tirar Roger Guedes da China

Além do salário alto, há outro problema para tirar Roger Guedes do Shandong Luneng. De acordo com o jornalista Jorrge Nicola, o clube interessado teria que desembolsar entre 7 e 8 milhões de euros (R$ 42 milhões a R$ 48 milhões). Diante deste cenário, a chance de o atacante retornar ao Brasil neste momento é zero.

Publicidade

A torcida do Atlético-MG sonha com o atacante que se destacou na equipe em 2018, depois de ser emprestado pelo Palmeiras. Por fim, o Verdão acabou negociando o atleta com o futebol chinês em julho daquele ano por R$ 43 milhões. O Palmeiras embolsou quase R$ 20 milhões deste valor. O restante ficou o Galo (5%) e com o Criciúma.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Ex-presidente do Barça volta a falar sobre Neymar: ’20 pessoas trabalhando no contrato’

Flamengo x Globo: o acordo para transmissão do Carioca que seria bom para os dois lados