in

Neymar se envolve em nova polêmica com o PSG e clima fica tenso

Divulgação - Paris Saint-Germain
Publicidade

Cumprindo a quarentena em sua residência em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, o atacante ainda tem o futuro incerto no Paris Saint-Germain e constantemente vem sendo cotado como possível alvo do Barcelona para a próxima temporada. De acordo com o jornal Le Figaro, o brasileiro está envolvido em uma situação que tem causado tensão nos últimos dias com o clube parisiense.

Segundo o periódico, uma parte dos atletas do plantel de Thomas Tuchel não acataram uma redução salarial proposta pela diretoria. O camisa 10 estaria nesse grupo de atletas que não se mostram positivos a ter os vencimentos cortados.

A conduta de Neymar seria uma forma de pressionar o clube parisiense de forma indireta para buscar uma transferência ao Barcelona na próxima janela de transferências. O salário do atacante brasileiro gira em torno de três milhões de euros por mês (R$ 17.47 milhões).

Publicidade

Outros nomes

Além do atacante, o jornal aponta que nomes como Thiago Silva, Cavani, Bernat, Ander Herrera também se posicionam contra o corte dos salários. Em contrapartida, Marquinhos e Mbappé se mostraram dispostos a aceitar a redução.

Publicidade

Com a paralisação do futebol e o cancelamento precoce do Campeonato Francês, o presidente do clube parisiense, Nasser Al-Khelaifi, quer buscar uma redução dos vencimentos para não ver sua equipe mergulhar em uma crise financeira. Essa divisão do plantel acerca da proposta não deixou o mandatário nada satisfeito.

O último jogo do Paris Saint-Germain antes da pausa foi no dia 11 de março, quando superou o Borussia Dortmund, e conseguiu carimbar seu passaporte para as quartas de final da Champions League.

Publicidade
Next post

Anunciado por clube da Série A, Yaya Touré divulga vídeo que muda tudo

Flamengo: acordo com Jorge Jesus está cada vez mais difícil