in

Corinthians planeja demissões em meio a pandemia e atletas estão na lista

Divulgação Corinthians
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus tem afetado em cheio muitos clubes do futebol brasileiro. Normalmente, muitas equipes acumulam dívidas no decorrer do ano, mesmo com dinheiro entrando em caixa. O Corinthians, por exemplo, teve prejuízo milionário no ano passado.

Com a paralisação do futebol, patrocinadores deixaram de pagar, a Rede Globo também adiou o pagamento de cotas de TV e há perdas com a falta de renda de bilheteria e com a fuga de sócios-torcedores. A situação de alguns times é crítica. O Corinthians é um deles.

Corinthians vai demitir funcionários e atletas

Em meio a crise, o Corinthians deve anunciar a demissão de funcionários e a dispensa de atletas nos próximos dias. O presidente Andrés Sanchez e o diretor financeiro Matias Romano Ávila perceberam que a situação do clube preocupa e que dispensas serão inevitáveis. Até o momento, havia redução de jornada de trabalho e de salários.

Publicidade

O problema é que a crise tornou-se insustentável. Funcionários serão demitidos. Atletas, especialmente os da categoria de base, também sairão. O futebol profissional deve ser pouco afetado porque é o carro chefe do clube e porque as multas rescisórias são altas.

Publicidade

Atletas devem deixar o Corinthians

A continuidade do time sub-23 é incerta neste momento. Categorias como o sub-14 e sub-15 podem passar por processo de unificação. Os jogadores sem contrato profissional e aqueles que não estavam agradando tecnicamente deverão ser dispensados.

As peneiras de jogadores também devem ser extintas. Com isso, ocorrerá demissões de funcionários que trabalham nos bastidores. Além dos profissionais, o time sub-20 também não deve ser afetado pela crise em um primeiro momento.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Ronaldinho e uma mudança radical em prisão domiciliar no Paraguai

Zagueiro revela atitude inusitada de Ronaldinho em tempos de Milan: ‘Não me bata mais’