in

Caio Ribeiro diz se pensou em sair da Globo, após polêmica com Raí, Bolsonaro e Casagrande

Reprodução SporTV
Publicidade

Caio Ribeiro é um dos comentaristas mais queridos da Rede Globo. Aos 44 anos, o ex-jogador de futebol se envolveu em uma polêmica como nunca havia acontecido ao longo da carreira de atleta e de comentarista. O caso ocorreu há algumas semanas.

Primeiro, o diretor de futebol do São Paulo, Raí, criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em uma entrevista. Caio afirmou que Raí deveria tomar cuidado ao se manifestar politicamente. A polêmica cresceu quando o comentarista foi criticado por Walter Casagrande durante o programa Bem, Amigos, do SporTV. 

O vídeo de Casagrande repercutindo Caio viralizou nas redes sociais. Muitos internautas se manifestaram. Alguns a favor de Casagrande e outros a favor de Caio. Nesta semana, o comentarista da Globo conversou com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo, e falou sobre o assunto.

Publicidade

Caio Ribeiro diz que não pensou em sair da Globo

Em meio a polêmica, muita gente chegou a dizer que Caio Ribeiro estava pensando em deixar a Globo. Na entrevista, ele respondeu se pensou mesmo em deixar a emissora. “Nao pensei (em sair). Eu sou muito feliz no lugar onde eu estou”, afirmou o ex-jogador com passagens por São Paulo, Flamengo, Santos e futebol italiano.

Publicidade

“Fiquei muito chateado com a maneira como as coisas foram conduzidas e a repercussão que essa confusão tomou, mas estou muito feliz, tocando meu trabalho normalmente e espero continuar por muito tempo”, disse Caio Ribeiro, que também criticou a radicalização política no Brasil e garantiu ter muito carinho por Raí.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Destaque do Vasco diz o que todo torcedor queria ouvir: ‘Vou ficar enquanto me quiserem’

Robson Bambu acerta ida ao exterior por R$ 47 milhões e Santos fica sem nada