in

Caio Ribeiro diz se pensou em sair da Globo, após polêmica com Raí, Bolsonaro e Casagrande

Reprodução SporTV

Caio Ribeiro é um dos comentaristas mais queridos da Rede Globo. Aos 44 anos, o ex-jogador de futebol se envolveu em uma polêmica como nunca havia acontecido ao longo da carreira de atleta e de comentarista. O caso ocorreu há algumas semanas.

Primeiro, o diretor de futebol do São Paulo, Raí, criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em uma entrevista. Caio afirmou que Raí deveria tomar cuidado ao se manifestar politicamente. A polêmica cresceu quando o comentarista foi criticado por Walter Casagrande durante o programa Bem, Amigos, do SporTV. 

O vídeo de Casagrande repercutindo Caio viralizou nas redes sociais. Muitos internautas se manifestaram. Alguns a favor de Casagrande e outros a favor de Caio. Nesta semana, o comentarista da Globo conversou com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo, e falou sobre o assunto.

Caio Ribeiro diz que não pensou em sair da Globo

Em meio a polêmica, muita gente chegou a dizer que Caio Ribeiro estava pensando em deixar a Globo. Na entrevista, ele respondeu se pensou mesmo em deixar a emissora. “Nao pensei (em sair). Eu sou muito feliz no lugar onde eu estou”, afirmou o ex-jogador com passagens por São Paulo, Flamengo, Santos e futebol italiano.

“Fiquei muito chateado com a maneira como as coisas foram conduzidas e a repercussão que essa confusão tomou, mas estou muito feliz, tocando meu trabalho normalmente e espero continuar por muito tempo”, disse Caio Ribeiro, que também criticou a radicalização política no Brasil e garantiu ter muito carinho por Raí.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Destaque do Vasco diz o que todo torcedor queria ouvir: ‘Vou ficar enquanto me quiserem’

Robson Bambu acerta ida ao exterior por R$ 47 milhões e Santos fica sem nada