in

Destaque do Vasco diz o que todo torcedor queria ouvir: ‘Vou ficar enquanto me quiserem’

Reprodução/O Globo
Publicidade

A pandemia do novo coronavírus tem causado impactos negativos nos cofres dos principais clubes do Brasil e não vem sendo diferente no Vasco da Gama. O time já não vivia boa fase financeira anteriormente e encontra ainda mais problemas no momento atual.

Marrony de saída?

O Vasco vem de temporadas de muita turbulência, passando por rebaixamento e disputa de Série B, e tenta se reconstruir aos poucos. Em 2019, sob comando do técnico Vanderley Luxemburgo, o clube teve bons momentos e contou com apoio dos torcedores.

Em 2020, por outro lado, a contratação de Abel Braga não deu certo e o Vasco acumulou resultados negativos dentro de campo. A equipe tenta se reerguer e suportar a crise do novo coronavírus, que ocasionou na paralisação dos jogos e falta de arrecadação.

Publicidade

Um dos meios para conseguir reforçar os cofres seria a venda de jogadores e Marrony, um dos principais ativos do clube, deixou seu futuro na mão do Vasco. O jogador afirma que se sente bem no cruzmaltino e que fica enquanto for um desejo do time.

Publicidade

“Estou aqui desde 2015, acho que já estou bem acostumado com tudo que acontece ali. Por mim, eu fico o tempo que for preciso. Nunca escondi de ninguém o amor que tenho pelo Vasco. Que seja feita a vontade de Deus. Se for pra ser, vai ser (sair). Se for para ficar, vou ficar no Vasco até quando o Vasco me quiser”, cravou o jogador em entrevista na Vasco TV.

Interesse de outros clubes

Marrony é um dos jogadores com maior potencial de venda no mercado para o Vasco, assim como Talles Magno, e chegou a ser procurado por outros clubes na última janela de transferências. O nome do atleta esteve vinculado ao Palmeiras, mas as tratativas não avançaram.

E para você torcedor, o Vasco deveria procurar por interessados para negociar Marrony e reforçar os cofres do clube? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Next post

Pedro Lourenço e a decisão de última hora que pode salvar o Cruzeiro: ‘sempre vou ajudar’

Caio Ribeiro diz se pensou em sair da Globo, após polêmica com Raí, Bolsonaro e Casagrande