in

Corinthians emite comunicado e lamenta morte de ex-treinador

Arte Diogo Marcondes
Publicidade

O futebol brasileiro está de luto com a morte do treinador Oswaldo Alvarez, o Vadão, nesta segunda-feira (25). Vadão tinha 63 anos e estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se tratava de um câncer no fígado. O treinador havia passado por sessões de quimioterapia.

Vadão não resistiu à doença e faleceu. O corpo do treinador seguirá para a cidade de Monte Azul, no interior de São Paulo, onde será velado. Pelas redes sociais, o Corinthians e outros clubes lamentaram o falecimento. Vadão era muito querido no cenário do futebol.

Corinthians lamenta morte de Vadão

Pelo Twitter, o perfil oficial do Corinthians no microblog postou uma mensagem lamentando a morte de Vadão. “O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, que comandou o Alvinegro durante parte da temporada de 2000. Desejamos muita força aos familiares e amigos do treinador, neste momento de luto e dor”, escreveu.

Publicidade

Vadão não conquistou título pelo Corinthians, mas ficou marcado na história do clube. Em meio à notícia de seu falecimento, recebeu a última homenagem do clube. Além do Timão, Vadão também treinou o São Paulo, Athletico-PR e outros clubes, além da seleção brasileira feminina.

Publicidade

Vadão começou carreira no Mogi Mirim

Em 1992, Vadão treinou o Mogi Mirim que fez história no Campeonato Paulista com o famoso Carrossel Caipira. A equipe do interior de São Paulo contava com Rivaldo naquela equipe. Foi o início da carreira do atleta que viria a ser eleito o melhor jogador do mundo em 1999.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Globo e a dependência de Corinthians e Flamengo no Ibope

Flamengo: Landim ‘janta’ Fábio Sormani ao vivo no Fox Sports