in

MP do Trabalho abre inquérito e Flamengo pode se complicar por voltar aos treinos

Reprodução - TV Globo
Publicidade

Contrariando as normas que foram estabelecidas pela prefeitura do Rio de Janeiro, o Flamengo retomou no início da semanas as atividades no CT Ninho do Urubu, em meio à pandemia do coronavírus. Em flagra aéreo da TV Globo, os comandados de Jorge Jesus foram filmados realizando treinamento no gramado.

Após essa desobediência, o Flamengo terá que dar algumas explicações ao Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro, que instaurou um inquérito para apurar se o regresso do time aos treinamentos está amparado em bases legais.

De acordo com apuração do UOL Esporte, o time da Gávea tem cinco dias para comprovar que a sua atividade não foi suspensa pelas autoridades competentes. O que tem sido feito com os profissionais infectados ou que têm suspeita de estarem com a Covid-19, e por fim, medidas que estão sendo realizadas para evitar a disseminação do vírus.

Publicidade

Divergências

Ao ser questionado sobre o não cumprimento das ordens estabelecidas por parte do Flamengo, o governador Wilson Witzel contrariando o seu próprio decreto ao afirmar que a retomada dos treinamentos agora está por conta dos clubes. No decreto vigente no estado, o futebol não é colocado como atividade essencial, e deve estar suspenso até o dia 31 de maio.

Publicidade

Do lado da prefeitura do Rio, Marcelo Crivella já é mais enfático e segue proibindo as atividades nos clubes, o que havia sido liberado seria apenas o setor de fisioterapia.

O Flamengo, por sua vez, afirmou que os jogadores e funcionários concordaram com o retorno, tanto que realizam novas atividades nesta sexta-feira (22), no Ninho do Urubu.

Publicidade
Next post

Chapéu no rival: candidato à presidência de clube da Série A anuncia Yaya Touré

Ex-jogador do Flamengo detona postura da atual diretoria por volta: ‘Se um jogador morre?’