in

Flamengo é multado em mais de R$ 300 mil por incidentes da final da Recopa

Divulgação - Alexandre Vidal - Flamengo
Publicidade

As confusões existentes na final da Recopa Sul-Americana deste ano contra o Independiente Del Valle, no Maracanã, acabaram rendendo multa aos cofres do Flamengo. O clube da Gávea foi punido em 60 mil dólares (cerca de R$ 341 mil na cotação atual). As cifras serão debitadas da cota de TV que o clube tem direito de receber da entidade sul-americana.

No jogo do último dia 26 de fevereiro, houve um incidente com o presidente rubro-negro Rodolfo Landim, que após a expulsão de William Arão apontou para a tribuna onde estava o presidente da Conmebol Alejandro Dominguez. Segundo a entidade, a ação inflamou os torcedores e colocou o mandatário da entidade em risco.

Publicidade

“Isso provocou una revolta entre os outros torcedores, que também começaram a acusar o presidente e a dirigir-se a ele com palavras ofensivas. Isso causou preocupação pela integridade física do presidente e dos membros da Conmebol que estavam presentes”, diz o comunicado divulgado pela Conmebol.

Outras punições

A multa de mais de R$ 300 mil ainda inclui o episódio envolvendo a expulsão de um gandula no mesmo jogo, xingamentos de dirigentes ao árbitro e bandeiras no intervalo e uma reclamação áspera do diretor de comunicação rubro-negro, Bernardo Monteiro, para um funcionário da Conmebol por conta uma credencial, gerando uma confusão no estacionamento do Maracanã.

Publicidade

Polêmica no Ninho

Contrariando as ordens do decreto do prefeito Marcelo Crivella, o Flamengo foi flagrado realizando treinamento no gramado do seu CT na última quarta-feira. Em imagens aéreas, a TV Globo captou detalhes da atividade comandada por Jesus. Após a divulgação das imagens, a prefeitura do Rio reforçou a proibição das atividades.

Publicidade
Next post

Corinthians deve fechar com atacante e torcida se anima

Fábio detona Ceni e dá detalhes da conturbada saída do treinador no Cruzeiro: ‘teve culpa’