in

Diretor do Botafogo detona ações do Flamengo: ‘Que não precise treinar no cemitério’

Divulgação - Flamengo - Alexandre Vidal
Publicidade

O encontro entre os presidentes de Flamengo e Vasco com Jair Bolsonaro em Brasília foi alvo de inúmeras críticas e protestos. Na capital federal, os mandatários foram discutir a proposta de voltar aos treinamentos mesmo em meio à pandemia do coronavírus. A empresa que administra o Mané Garrincha já havia oferecido o estádio para os clubes.

Em entrevista ao programa Os Donos da Bola, o dirigente do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro teceu duas críticas à postura do arquirrival rubro-negro em apressar a volta aos treinamentos durante o período tido como “pico” da Covid-19 no país.

Publicidade

Montenegro alertou que o clube já viu o seu funcionário mais antigo, Jorge Luiz Domingos, morrer por conta da doença, e que mesmo assim ainda não se conscientizou do risco que pode colocar aos jogadores. O dirigente ainda pontuou que não entende a pressa do rival em retomar as atividades, uma vez que o calendário nacional segue sem previsão de retorno.

“Será que o Campeonato Carioca será contra Gama, Brasiliense? Ou jogará somente com o Vasco ou se querem jogar sozinho. Será que estão pensando em Libertadores com países com problemas sérios? O Flamengo pode treinar onde quiser. Sair do Ninho e ir para Brasília… Tomara que não tenham de treinar no (cemitério) São João Batista, Caju ou Jardim da Saudade”, disparou Montenegro.

Publicidade

O dirigente por fim reiterou que só acredita em um cenário de vida normal quando for criada uma vacina, e que o futebol só deve ser retomado após o pico.

Polêmica no Ninho

Nesta quarta-feira (20), alguns jogadores do Flamengo foram flagrados treinando no Ninho do Urubu, desobedecendo assim ordens fixadas pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, que autorizou somente o trabalho de fisioterapia no clube. Em uma imagem aérea, a TV Globo flagrou jogadores trabalhando no campo, fato que pode render punição ao time da Gávea.

Publicidade
Next post

Encontro com Bolsonaro pega mal e Flamengo e Vasco são muito criticados

Flamengo desobedece ordens da prefeitura e pode sofrer punição por treinamento no Ninho