in

Crise sem fim: Mano Menezes aciona a Justiça e cobra quantia milionária do Cruzeiro

Divulgação - Cruzeiro
Publicidade

A crise do Cruzeiro parece interminável. Atolado em dívidas, o time celeste vivencia um dos momentos mais delicados em sua vitoriosa história. No dia sequente ao comunicado de punição da FIFA por conta do não pagamento ao Al Waeda, pelo empréstimo do volante Denilson, em 2016, a Raposa viu o seu ex-treinador Mano Menezes acionar a justiça exigindo cifras milionárias.

De acordo com informações do Globoesporte.com, Mano moveu um processo contra a sua rescisão contratual referente à agosto de 2019 e outra ação por conta de direitos de imagem. Na totalização das dívidas, o Cruzeiro teria que desembolsar R$ 5,3 milhões – R$ 4,3 milhões da rescisão, e R$ 1 milhão pelos direitos de imagem.

Quando foi desligado do Cruzeiro na temporada passada, Mano viu a diretoria celeste fechar um acordo composto por duas parcelas de R$ 955 mil cada. Como o clube não cumpriu com o combinado o valor mais do que dobrou.

Publicidade

Em contato com a reportagem do portal, a diretoria celeste alegou não ter sido notificada das ações. O treinador tentará unificar os dois processos em um só. Caso não cumpra o pagamento dos valores, o time mineiro corre o risco de ser notificado mais uma vez, e consequentemente penalizado com perda de pontos na Série B.

Publicidade

Pelo não cumprimento do acordo com o time dos Emirados Árabes, o clube iniciará a Série B do Brasileirão com seis pontos negativos.

Longo trabalho

Mano Menezes teve uma passagem marcante e duradoura no Cruzeiro. Ele assumiu o clube mineiro em julho de 2016, tendo a missão de salvar o time da degola, fato concretizado meses mais tarde.

Posteriormente, o treinador brilhou com as conquistas das duas edições da Copa do Brasil (2017 e 2018) e dois Estaduais (2018 e 2019). Após um início de Campeonato Brasileiro péssimo, a diretoria da Raposa desligou o comandante do cargo, substituindo por Rogério Ceni, que durou pouco na função.

Publicidade
Next post

Ex-empresário do goleiro Bruno choca ao revelar motivo de rompimento: ‘Isso não procede’

De saída? José Carlos Peres quer negociar destaque do Santos: ‘Chegou o momento dele’