in

Ex-empresário do goleiro Bruno choca ao revelar motivo de rompimento: ‘Isso não procede’

Divulgação - Boa Esporte
Publicidade

No início da semana, o portal Extra divulgou um comunicado do empresário Jaime Marcelo informando que havia tinha encerrado vínculo com o goleiro Bruno Fernandes. O profissional agenciou o ex-goleiro do Flamengo por apenas dois meses, e após uma divergência entre eles, o rompimento foi oficializado.

Jaime Marcelo tinha como missão buscar novas oportunidades para o atleta, que está em regime semi-aberto após cumprir vários anos de prisão pelo assassinato de Eliza Sumudio. Além disso, ele estava participando ativamente da elaboração da biografia do goleiro, que também acabou sendo cancelada com o término do vínculo entre as partes.

Em entrevista ao SportBuzz, o empresário reiterou o compromisso que teve para com o goleiro neste curto período de serviços prestados, e alegou que a atual esposa do jogador acabou atrapalhando na relação. Segundo Jaime Marcelo, Bruno só quer atuar pela elite, fato que também prejudicou a continuidade.

Publicidade


“O trabalho que eu vinha fazendo com o Bruno foi embasado em muita dedicação e respeito. A esposa dele alegou em uma transmissão que eu não havia encaminhado propostas concretas. Isso não procede. O que ocorre é que o Bruno quer jogar apenas primeira divisão, sendo que a única proposta recebida da primeira divisão, foi eu que encaminhei”
, disse ele, desejando sorte ao goleiro na sequência.

Publicidade

Treinando durante a pandemia

Após conseguir a liberação para o regime semi-aberto, Bruno mudou-se para o Rio de Janeiro, onde comprou uma casa, e desde então tem treinado intensamente para manter o condicionamento físico no intuito de retomar a sua carreira.

Em 2019, o jogador chegou a ser cogitado em alguns clubes, mas nenhuma instituição conseguiu resistir aos fortes protestos de seus torcedores e da população, e todas declinaram da ideia.

Publicidade
Next post

Marinho e os ataques dos torcedores após reclamar de salário no Santos

Crise sem fim: Mano Menezes aciona a Justiça e cobra quantia milionária do Cruzeiro