in

Marinho e os ataques dos torcedores após reclamar de salário no Santos

Divulgação Santos
Publicidade

O atacante Marinho está sendo alvo de críticas dos torcedores do Santos. A confusão começou depois de o jogador reclamar de questões salariais nas redes sociais. Marinho chegou a mandar indireta para o presidente do Santos, José Carlos Peres, e afirmou que está receber salário há quatro meses.

“Tem coisas que não vale a pena ficar se desgastando, com notícia sempre chata. Vivo sem salário do clube há quatro meses, não vim expor. Fiquei chateado como ele (Peres) se pronunciou pra imprensa, sendo que já estava feito o acordo”, afirmou o jogador.

Publicidade

Marinho é ironizado no Instagram

Seguido por mais de 800 mil pessoas, Marinho costuma postar bastante vídeos mostrando o que tem feito na quarentena. Em seu último post, muitos torcedores postaram críticas ao atacante alvinegro. A informação da diretoria do Santos é que o salário do elenco foi reduzido em 70%.

“O roupeiro, massagista e a tia da cozinha pode perder o emprego né? Mas tu não pode passar 3 meses recebendo 30% do teu salário astronômico, deveria ter vergonha Marinho, achava você um cara f***, mas só é mexer no bolso do homem que conhecemos quem realmente ele é”, criticou um torcedor.

Publicidade

“Quando eu pegar meus R$ 600 do auxílio, mano, eu vó dar 300 pra você porque você não pode sobreviver só com 30% do seu salário”, ironizou outro torcedor. “Toma aqui meus R$ 600, Marinho”, postou outra torcedora, fazendo referência ao auxílio emergencial que tem sido pago pelo governo federal.

Os jogadores do Santos estariam bravos com José Carlos Peres porque a diminuição salarial ocorreu de forma unilateral, sem negociação direta com os atletas. O caso de Marinho é ainda pior porque o jogador afirmou que está há quatro meses sem receber.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Bolsonaro quer futebol de volta, mas infectologista alerta: ‘Ano que vem’

Ex-empresário do goleiro Bruno choca ao revelar motivo de rompimento: ‘Isso não procede’