in

Jornalista detona reunião de presidentes do Flamengo e Vasco com Bolsonaro em Brasília

Divulgação- Flamengo
Publicidade

Na última terça-feira (19), Rodolfo Landim e Alexandre Campello, presidentes de Flamengo e Vasco, respectivamente, se reuniram com o presidente da república Jair Bolsonaro, em Brasília, para discutir o futuro do futebol e viabilizar uma possível retomada dos treinamentos na capital federal.

O encontro dos dirigentes com o chefe do executivo foi alvo de inúmeras críticas nas redes sociais e na imprensa nacional, justamente por acontecer em um período em que o país vivencia números expressivos de mortes e novos casos por conta da Covid-19.

Em suas redes sociais, o jornalista André Rizek, do SporTV, teceu fortes críticas sobre a reunião ocorrida na capital federal, e ironizou afirmando que o retorno da Taça Rio estaria na lista das necessidades principais do país, entrando como serviços essenciais.

Publicidade

“Amigos, o problema não é diretoria de clube se encontrar com o presidente, seja Bolsonaro, a Dilma ou o Cabo Daciolo. É que estamos na maior pandemia de nossa geração. A população em isolamento. Recorde de mortes no país. E eles foram almoçar em Brasília pela volta da Taça Rio”, disparou Rizek.

Publicidade

Mané Garrincha

Há cerca de três semanas, a empresa que administra o estádio da capital federal disponibilizou o espaço para a federação do Rio de Janeiro e aos clubes cariocas. Em Brasília, os times não teriam o empecilho de esperar em proibições do governo, uma vez que o estado vivencia um número bem reduzido de casos da pandemia em relação ao Rio, terceira região mais afetada do país.

Na última segunda-feira (18), o Flamengo recebeu os jogadores no Ninho do Urubu para realizar a segunda bateria de exames da Covid-19.

Publicidade
Next post

Corinthians pode faturar milhões com venda de atacante ao futebol coreano

Santos: jogadores se revoltam com atitude de José Carlos Peres e tudo acaba mal