in

Dourado de saída? Dirigente do Inter detona o Flamengo: ‘Acha que pode comprar todo mundo’

Reprodução/Grupo Independente

O futebol na Europa já está de volta em alguns países, mesmo que com portões fechados, e o Brasil também se prepara para o retorno das principais competições nacionais. Algumas equipes já estão treinando, enquanto que outras realizam os testes de Covid-19 para retomar suas rotinas com segurança.

Eduardo Coudet

Antes da paralisação dos jogos, o Internacional passava por bom momento sob comando do técnico Eduardo Coudet e alguns torcedores já acreditam até mesmo na briga pelo título da Copa Conmebol Libertadores. O treinador argentino mudou o estilo de jogo e a intensidade do clube colorado nos jogos, conquistando rapidamente o carinho da torcida.

O Internacional lidera o Grupo E da competição continental, que ainda conta com Grêmio, América de Cali e Universidad Católica. O clássico grenal já aconteceu e teve placar de 0x0, além de muitas confusões e expulsões de jogadores.

Rodrigo Dourado de saída?

O meio-campista Rodrigo Dourado, de 25 anos de idade, vem sendo especulado como possível reforço do Flamengo no mercado da bola. Um dos dirigentes do Inter, por sua vez, rechaçou qualquer possibilidade de saída do atleta.

Publicidade

“O Flamengo acha que pode comprar todo mundo, mas não compra o moral de um jogador como o Dourado. Ele vai continuar conosco”, disparou contra o clube carioca.

De forma ainda mais contundente, o dirigente cravou que Rodrigo Dourado jamais trocaria o Internacional pelo Flamengo na janela de transferências.

“O Dourado nunca deixaria o Inter, de graça, para jogar no Flamengo. Pela identificação que tem com a torcida e com o clube e também como retribuição a tudo o que o Inter fez por ele”, completou em entrevista para o jornalista Jorge Nicola.

E para você torcedor, qual seria o destino ideal para o meio-campista Rodrigo Dourado no mercado da bola? Deixe sua opinião nos comentários.

Next post

Santos pode perder um craque para o rival e Jesualdo tenta evitar

Ronaldinho e a dura notícia no Paraguai: ‘Prisão preventiva por até 6 meses’