in

Levir Culpi detona postura de Bolsonaro em meio à pandemia: ‘Assusta a gente’

Bruno Cantini - Divulgação - Atlético-MG
Publicidade

O Brasil segue registrando uma crescente no número de casos da Covid-19. Além do momento conturbado por conta da pandemia, o governo nacional se encontra instável com mudanças no Ministério da Saúde. Polêmico, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), já manifestou várias vezes ser favorável ao isolamento vertical, alegando estar pensando nas questões econômicas do país, mas a postura não tem agradado uma parcela expressiva dos brasileiros.

Aposentado do futebol desde a temporada passada, o ex-treinador Levir Culpi teceu fortes críticas ao chefe do executivo por conta de seu comportamento no combate à Covid-19.

Publicidade

“Eu acho que está faltando comando. A pessoa que está no comando, neste momento, ela assusta a gente, pois é uma aula do que não se deve fazer. O presidente do país não sabe o que fala, ou ele sabe o que fala e o nível cultural dele é esse mesmo. Essas coisas estão me assustando. Este assunto deve ser deixado com as autoridades da medicina, elas que precisam tomar as decisões neste momento”, afirmou Levir Culpi.

Nova saída

Na última semana, o até então Ministro de Saúde, Nelson Teich, entregou o cargo após ter divergências com o presidente. Substituto de Henrique Mandetta, Teich não ficou sequer um mês no comando da pasta. Além das opiniões diferentes quanto ao uso da cloroquina, algumas atitudes de Bolsonaro, como autorizar a reabertura de barbearias, salão de belezas e academias, impulsionou o pedido de demissão do oncologista.

Publicidade

Volta do futebol

O futebol nacional segue sem uma previsão concreta para ser retomado. Há alguns dias, tanto o presidente, como membros do seu governo se mostraram favoráveis ao retorno das competições brevemente, postura esta que rendeu críticas. O calendário do esporte está suspenso no país desde a segunda metade de março.

Publicidade
Next post

VP do Flamengo faz postagem enigmática sobre ‘novela’ Jesus e deixa torcedores animados

Goleiro Bruno Fernandes sofre duras acusações, ao tentar retomar ao futebol