in

Urgente: futebol brasileiro tem previsão de retorno com criação de protocolo pela CBF

Lucas Figueiredo - Divulgação - CBF
Publicidade

A pandemia do coronavírus segue registrando índices expressivos de caso no país, o que deixou o futebol nacional sem uma previsão concreta de retorno. Contudo, nos bastidores, a CBF está estudando maneiras de ter bola rolando novamente na temporada 2020 após o período de pico da doença.

A informação foi divulgada pelo FOX Sports, onde o repórter Vagner Martins teve acesso aos detalhes do protocolo que a entidade está elaborando, desde o procedimentos de segurança com serviço médico até mesmo a aplicação do VAR, recurso tecnológico implantado na última edição do Campeonato Brasileiro.

Na próxima segunda-feira (18 de maio) haverá uma nova reunião entre clubes e CBF para darem novos passos rumo ao retorno do futebol no Brasil.  

Publicidade

Planos da entidade

Embora ainda sejam informações preliminares, a CBF e os clubes têm a intenção de retomar o futebol no final de julho e início do mês de agosto. A data estipulada, no entanto, é apenas uma previsão superficial, isto que porque a entidade ainda aguarda um aval do Ministério da Saúde e das demais autoridades do país.

Publicidade

Algo que é praticamente certo é a volta com portões fechados, e com uma equipe entrando antes da outra, prática que era realizada há algumas décadas. No intervalo, a ordem de retorno dos clubes se inverteria. Para evitar qualquer tipo de cenário de contaminação, os jogadores passariam por testes 48 horas antes das partidas.

Além disso, todos os envolvidos na partida seriam submetidos a testes de temperatura. Já as equipes de arbitragem teriam escalas regionais, evitando assim longas viagens. O VAR, por sua vez, não ficaria no estádio, e sim em escritórios centralizados.

Em live recente, o coordenador nacional da CBF, Jorge Pagura, destacou que o futebol brasileiro deve implantar várias normas para a sua retomada segura.

“O barulho do silêncio é a nova tônica que a gente verá no futebol. O abraço, a comemoração, isso não vai existir. No plano tem isso (não cuspir), mas não tem multa. Vão ter opções, totens caso seja preciso assoar o nariz. Álcool gel para esterelizar a mão”, disse o dirigente. 

Publicidade
Next post

Bundesliga: saiba como assistir Borussia Dortmund x Schalke 04 ao vivo na TV e online

Andrés Sanchez fala sobre interesse do Corinthians em Tévez para rádio da Argentina