in

Futebol de volta: confira quais são os jogos deste sábado (16) e onde assistir ao vivo

Publicidade

Após um longo quarentena por conta da pandemia do coronavírus, a bola volta a rolar no Velho Continente neste sábado. Primeira grande liga europeia a retomar as suas atividades, o Campeonato Alemão terá agenda movimentada neste fim de semana.

Paralisado no dia 8 de março, o certame terá nove rodadas em um curto intervalo de tempo para definir o seu campeão, times classificados para a Champions e Liga Europa, além da definição dos rebaixados.

Agenda do dia

  • Borussia Dortmund x Schalke 04
  • RB Leipzig x Freiburg
  • Hoffenheim x Hertha Berlin
  • Fortuna Düsseldorf x Paderborn
  • Augsburg x Wolfsburg
  • Eintracht Frankfurt x Borussia Mönchengladbach

Onde assistir?

Todos os seis jogos que serão realizados no certame neste sábado (16) estarão à disposição do fã do esporte na grade das emissoras brasileiras. O grande destaque, é claro, fica por conta do embate entre Borussia Dortmund x Schalke, intitulado na Alemanha como “a mãe de todos os clássicos”. O duelo estará na tela do FOX Sports.

Publicidade

Publicidade

Como parou?

Antes da paralisação do futebol no país, o Bayern de Munique figurava no topo da competição com 55 tentos somados, quatro a mais em relação ao vice-líder e arquirrival Borussia Dortmund.

A dupla de rivais faziam uma campanha de recuperação no certame após um início irregular. Na primeira parte do Alemão,  RB Leipzig e Borussia Mönchengladbach, atuais terceiro e quarto colocados, respectivamente, se alternaram na liderança do certame. 

Na briga pelo rebaixamento, o Paderborn precisa de uma reação imediata para se livrar do iminente descenso. A equipe amarga a lanterna com apenas 16 tentos somados em 25 jogos, e vê o primeiro concorrente fora da degola com 10 tentos a mais.  O tradicional Werder Bremen e o Fortuna Düsseldorf fecham o temido Z3.

Publicidade
Next post

Felipe Melo revela momento que quase deixou Palmeiras e refuta negociação com Boca

Saiba porque a Fórmula 1 pode deixar a TV Globo após 40 anos