in

Time da Série A se mostra confiante para fechar com Yaya Touré após pandemia

Divulgação - Manchester City
Publicidade

Mesmo com a crise instaurada por conta da pandemia do coronavírus, alguns clubes se mostram confiantes em viabilizar reforços para a sequência da incerta temporada de 2020. Sonho de consumo de muitas equipes do futebol mundial, o experiente meia Yaya Touré segue sendo cogitado para reforçar o Botafogo.

Nos bastidores, o time de General Severiano continua positivo quanto a contratação do jogador marfinense. Vale lembrar, que antes da pandemia, o ex-jogador do Manchester City e Barcelona ficou bem próximo de um acerto com o clube carioca. 

Confiança alvinegra

De acordo com informações do dirigente Augusto Montenegro, o vice-presidente do clube, Ricardo Rottenberg está mantendo conversas com o africano, que continua manifestando interesse de defender o Botafogo.

Publicidade

“Ricardo (Rotenberg, vice-presidente) fala com Yaya normalmente. Ficou combinado aguardar o controle dessa pandemia para começar a voltar a viver normalmente. Quando voltasse aos treinos, teríamos uma conversa definitiva, mas ele está doido pra vir”, afirmou Montenegro, em entrevista ao jornalista Jorge Nicola. 

Publicidade

Disponível no mercado

Com 37 anos de idade, Yaya Touré está longe do futebol desde o começo do ano, quando se desligou do Huanghai, equipe do futebol chinês. Empolgado após surpreender os rivais e o mercado nacional com a contratação do japonês Keisuke Honda, o Glorioso quer manter a linha de contratações de peso.

Além de Yaya Touré, o clube de General Severiano ainda está de olho em Obi Mikel, volante que teve uma passagem marcante pelo Chelsea, e figurou por anos como uma das lideranças da Seleção da Nigéria. Quem também foi cogitado nos últimos dias no alvinegro foi o meia Arjen Robben, que se aposentou recentemente, mas que não descarta um retorno ao futebol.

Publicidade
Next post

Atlético-MG: 1º reforço de Sampaoli, destaque da Série A pode chegar de graça

Flamengo sem solução para Jorge Jesus: ‘tem mais um mês’