in

Ex-goleiro brasileiro morre aos 35 anos vítima de leucemia, após passagens pela Europa

Pinterest/Divulgação
Publicidade

A imprensa esportiva portuguesa está divulgando o falecimento do brasileiro Emídio Júnior, ex-jogador de futebol profissional, vítima de leucemia. Ele lutava contra a doença há pelo menos um ano, mas acabou não resistindo aos tratamentos oncológicos. O atleta tinha 35 anos, e deixa em vida dois filhos, ambos com menos de dois anos.

Carreira de Emídio Júnior no futebol

Nascido no Brasil, o jogador fez carreira na Europa, mais precisamente no futebol europeu. Ele atuou até a temporada 2018/19 como membro ativo da comissão técnica do Clube Desportivo Nacional, equipe que disputa a segunda divisão do Campeonato Português.

A chegada ao clube se deu na temporada de 2011/12, e o afastamento ocorreu justamente por conta das questões médicas. Antes da aposentadoria, o goleiro defendeu as cores da Associação Académica da Universidade da Madeira, e o Andorinha.

Publicidade

Clube presta homenagens

O Clube Desportivo Nacional divulgou por meio de suas redes sociais e pelo site oficial uma nota, lamentando o falecimento de seu funcionário. Os companheiros de equipe agradecem o tempo com que foram capazes de conviver ao lado de Emídio Júnior, memorando a oportunidade de aprendizado durante tantos anos.

Publicidade

“Morreu esta noite, aos 35 anos (completava 36 anos no próximo dia 4 de Julho), deixando um enorme vazio em todos aqueles que tiveram a felicidade de o conhecer, e tornando muito mais pobre o nosso clube”, diz um dos trechos do comunicado. Antes de entrar para o futebol profissional do Nacional, Emídio Júnior também chegou a atuar nas categorias de base da equipe.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Joia do Al-Hilal admite ter sido procurado pelo Grêmio e representa ameaça a Thiago Neves

De volta? Site argentino afirma que Corinthians mira contratação de Tévez