in

Presidente do Bahia desaprova uso de camisa do clube por Bolsonaro em passeio polêmico

Reprodução - Twitter
Publicidade

No último fim de semana, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) polemizou ao aparecer em um vídeo andando com uma moto aquática em tempos de pandemia, onde a principal recomendação é o isolamento social. Nas imagens que foram divulgadas, o chefe do executivo aparece vestindo uma camisa do Bahia.

A ligação superficial entre o presidente e o Tricolor acabou desagradando o presidente do clube nordestino, Guilherme Bellintani, principalmente pelo fato do presidente estar descumprindo a quarentena em um momento que o país atingia a marca de 10 mil em decorrência da Covid-19.

Em entrevista à Rádio A Tarde FM, o mandatário do Bahia preferiu não polemizar criticando Bolsonaro, mas reiterou que o clube tem sido combativo nas questões sociais, e tem se mostrado disposto a ajudar na luta contra a doença. Inclusive o próprio CT se tornou um hospital provisório para o atendimento de casos comuns na área da saúde, justamente para desafogar os grandes hospitais de Salvador que estão no combate da pandemia.

Publicidade


“Naturalmente, foi ruim ver a camisa do Bahia relacionada ao momento dos 10 mil mortos, mas cada um usa a camisa do Bahia. Não posso condenar o presidente da república de jeito nenhum. Dentro da torcida do Bahia tem pessoas que votam em A, B e C. Não posso ficar aqui condenando pessoas especificamente. Tenho que lutar por causas. E é isso que o Bahia tem feito”
, disse Bellintani.

Publicidade

Pandemia no país

O Brasil tem se deparado com um crescimento exponencial da pandemia nas últimas semanas. Já são quase 200 mil casos registrados – com mais de 78 mil recuperados – e 13.280 mortes, o sexto país mais afetado na escala global.

Publicidade
Next post

Fluminense impõe condição e Fred terá que aceitar mudança drástica para retornar ao clube

Rodriguinho dispara após trocar Cruzeiro pelo Bahia: ‘Solução para um problema, paga em dia’