in

Craque que se negou a doar dinheiro para combater coronavírus posta fotos jogando futebol

Instagram Adebayor
Publicidade

Craque da seleção de Togo, Adebayor se envolveu em polêmica nos últimos meses devido a pandemia causada pelo novo coronavírus. O jogador se recusou a doar dinheiro para ajudar no combate ao vírus no seu país de origem e disse que não era Samuel Eto’o, de Camarões, nem Didier Drogba, da Costa do Marfim.

Adebayor causou polêmica porque, além dos colegas de países do continente africano, muitos outros atletas doaram dinheiro para ajudar no combate ao novo coronavírus, casos de Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar e o treinador Pep Guardiola.

Adebayor posta fotos jogando futebol

A pandemia causada pelo novo coronavírus tem preocupado muita gente. Em todo o mundo, o número de mortos ultrapassou a marca de 290 mil pessoas. Mais de 4 milhões de pessoas foram infectadas em todo o mundo. Togo, onde está Adebayor, registrou 11 mortes até o momento.

Publicidade

O país tem apenas 7,88 milhões de habitantes, segundo dados de 2018. Em meio a pandemia, Adebayor postou fotos jogando futebol em sua conta oficial no Instagram. As postagens ocorrem no momento em que outros atletas, como Cristiano Ronaldo, exibem imagens em suas casas, ao lado da família.

Publicidade

Adebayor está treinando em casa?

Em uma das fotos postadas por Adebayor, é possível ver que há outras pessoa jogando futebol com ele.

Homem a trabalhar”
, escreveu o jogador na postagem que já conta mais de 40 mil likes e mais de 400 comentários. Adebayor é jogador do Olímpia, do Paraguai. 

Assim que a pandemia foi declarada pela OMS, ele pediu para retornar ao seu país. Na viagem de volta, ao avião posou no Benin e ele teve que ficar 14 dias em quarentena, seguindo as recomendações mundiais.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Iniesta entra na mira de clube da Série A do Brasileirão: ‘Sonho trazê-lo’

Fifa toma decisão surpreendente por conta da pandemia