in

Corinthians: advogado de Paulo André expõe Andrés e mentira é revelada

Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians
Publicidade

O Corinthians enviou comunicado à Federação Paulista de Futebol (FPF), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Rede Globo nos últimos dias. No texto assinado pelo presidente Andrés Sanchez, o Corinthians se nega a jogar aos domingos e às quartas-feiras à noite.

O comunicado da diretoria do Timão teria relação com o processo movido e vencido pelo ex-zagueiro Paulo André contra o ex-clube. As partes que receberiam o documento não se manifestaram sobre o ocorrido. Muitas pessoas estão chamando o comunicado corintiano de blefe.

Publicidade

Verdadeiro motivo do processo de Paulo André é revelado

Se engana quem pensa que Paulo André processou o Corinthians por jogar aos domingos ou à noite e não receber adicional por isso. As informações foram reveladas pelo jornalista Jorge Nicola em seu blog no Yahoo. Trecho do processo vencido pelo ex-zagueiro do Timão foi revelado.

“Deve ser o Reclamado (Corinthians) condenado ao pagamento de todos os domingos e feriados trabalhados pelo Reclamante (Paulo André), pois jamais compensados, devendo o pagamento ocorrer em dobro”, diz o trecho.

Publicidade

Advogado de Paulo André explica processo

De acordo com João Henrique Chiminazzo, advogado de Paulo André, o processo foi movido porque o Corinthians só concedia as folgas semanais quando as partidas eram realizadas aos sábados. Neste caso, o atleta ganhava o domingo de folga.

Quando jogava aos domingos, Paulo André tinha que se apresentar normalmente na segunda-feira e ficava sem a folga semanal. Outro ponto do processo é que o ex-atleta alegou que só folgava nos feriados de Natal e Ano Novo. Ele cobrou todos os demais feriados do ano. Houve acordo entre as partes e o Corinthians vai pagar R$ 750 mil ao agora diretor do Athletico-PR.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Flamengo: volta aos treinos é monitorada e novos testes de coronavírus serão feitos

Prass detona postura do Governo Federal sobre volta do futebol no país