in

Santos bate o martelo e exige R$ 48 milhões do Athletico-PR: ‘não vamos perdoar’

Reprodução/Diário do Peixe
Publicidade

Os clubes do futebol brasileiro começam, mesmo que aos poucos, a retornar com suas rotinas de treinamentos para a temporada 2020. Em meio à pandemia do novo coronavírus, os times da Série A sofreram grandes impactos financeiros e deveram realizar poucos movimentos no mercado da bola.

Soteldo de saída?

Com o prejuízo causado pela paralisação dos jogos na atual temporada, o Santos poderá ter que realizar a venda de um ou mais de seus jogadores para manter as contas em dia. Um dos cotados para sair é Yeferson Soteldo, de apenas 23 anos de idade, e que vive grande fase no Peixe.

O jogador é alvo de clubes importantes da Europa, já revelou ser apaixonado também pelo Manchester United e não esconde suas divergências com o presidente do Santos, José Carlos Peres. A venda e Soteldo poderia encher os cofres do clube, que ainda sonha também com o retorno de Robinho.

Publicidade

Robson Bambu

Outro nome que pode render uma bolada ao Santos é o de Robson Bambu, que não atua pelo clube desde 2018. O jogador se transferiu para o Athletico-PR e José Carlos Peres ainda exige um pagamento milionário em decorrência do acordo entre o jogador e seu novo time.

Publicidade

“O Athletico tem uma pendência conosco de 48 milhões de reais. É a indenização que nós pedimos na CBF. Descobrimos que, muito antes do que ele podia, já tinha acertado com o Athletico. Temos o direito do segundo contrato. Até hoje, não foi julgado. Vai responder, nós não vamos perdoar”, afirmou Peres.

E para você torcedor, o Santos deveria abrir mão de Soteldo para manter as contas em dia e reforçar os cofres? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Next post

Jornal afirma: Real Madrid não mandará jogos restantes no Bernabéu; entenda o motivo

Caso Ronaldinho: ex-craque segue preso e foi esquecido pelo ‘patrão’ Bolsonaro