in

Mercado da bola 2020: presidente do Santos abre o jogo sobre interesse em Ricardo Oliveira

Divulgação Atlético-MG
Publicidade

O centroavante Ricardo Oliveira está na lista de dispensados pelo Atlético-MG. Depois de interessar a Jorge Sampaoli no ano passado, quando o treinador comandava o Santos, o atacante não interessa ao mesmo treinador que chegou ao Galo há dois meses. Ricardo Oliveira está de saída, mas não deve se aposentar neste momento.

O jogador procura uma nova equipe para jogar ainda nesta temporada. No momento, o futebol está paralisado devido à pandemia causada pelo novo coronavírus e não previsão de quando a bola vai voltar a rolar no país.

Presidente do Santos fala sobre Ricardo Oliveira

Em conversa com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo, José Carlos Peres abriu o jogo sobre o interesse no centroavante Ricardo Oliveira. Aos 40 anos, o atacante interessa ao Peixe. “Chance sempre há”, afirmou o presidente do Santos. Ele afirmou, porém, que não há negociação em andamento neste momento.

Publicidade

De acordo com José Carlos Peres, primeiro será necessário conversar com o treinador Jesualdo Ferreira para entender o que o comandante alvinegro pensa sobre o jogador veterano. Ricardo Oliveira sempre foi um goleador e marcou em suas duas passagens pela Vila Belmiro.

Publicidade

Ricardo Oliveira brilhou no Peixe

O atacante jogou no Santos em 2003, quando marcou 20 gols em 31 partidas. Naquele momento, ele havia sido revelado pela Portuguesa, chegou ao Peixe e, logo em seguida, foi vendido ao Valencia. Entre 2015 e 2017, Ricardo Oliveira disputou 140 partidas pelo Santos e marcou 71 gols. A cada dois jogos ele anotava um gol. A média foi impressionante.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Jornalista da Globo sugere volta do futebol apenas com disputa por pênaltis

Corinthians tem dívida de mais de R$ 100 milhões em FGTS e IR e pode ser punido