in

Emprestado ao Náutico, atacante lamenta falta de oportunidades no Flamengo

Marcelo Cortes - Flamengo
Publicidade

Após uma novela acerca do pagamento em parcela referente à compra do atacante Thiago Fernandes, o Flamengo chegou a um acordo com o Náutico na última quinta-feira (07), e oficializou o empréstimo do jovem ao clube alvirrubro até dezembro deste ano. Neste período, o clube da Gávea arcará com o salário do atleta de forma integral. A parcela em atraso pela transação foi paga, enquanto as outras três ficaram para o próximo ano.

Tido como uma das maiores revelações do Náutico nos últimos anos, o jovem de 19 anos custou aos cofres rubro-negros cerca de 1,3 milhão de euros. Apesar do destaque na temporada passada defendendo o Timba, o jogador acabou não conseguindo atuar com a camisa do Flamengo, e com o calendário incerto, o clube da Gávea optou pelo seu empréstimo para adquirir mais bagagem.

Faltaram chances

Em entrevista ao jornal “O Dia”, Thiago lamentou a falta de oportunidades no clube carioca, citando a concorrência, mas mostrou felicidade em poder retornar ao time que o revelou para o futebol.

Publicidade

“Estou muito feliz de voltar ao Náutico. Eu queria ter jogado no Flamengo, mas não tive oportunidade, pois a concorrência é grande e eu tive que ganhar massa e preparar a parte física. Nesse momento vejo como um ótimo caminho para ganhar experiência”, afirmou.

Publicidade

Na temporada passada, Thiago anotou oito gols em 39 partidas com a camisa do Timbu, sendo peça importante na conquista do acesso à Série B. No acordo feito entre pernambucanos e carioca, o jogador teve seu contrato com o Flamengo ampliado em mais um ano.

A exemplo do Flamengo, o Náutico segue com as suas atividades paralisadas em decorrência da pandemia do coronavírus, tendo atuado pela última vez no dia 14 de março, quando caiu para o Fortaleza, em duelo da Copa do Nordeste.

Publicidade
Next post

Edu Dracena recorda briga com Léo que o fez sair do Santos: ‘resolver frente a frente’

Caso Ronaldinho: Justiças do Brasil e Paraguai conversam sobre prisão de ex-craque