in

Casagrande já criticou jogadores por apoiarem Jair Bolsonaro

Reprodução: SporTV
Publicidade

Comentarista de futebol da Rede Globo, Walter Casagrande está no centro de uma polêmica envolvendo o também comentarista Caio Ribeiro. No programa ‘Bem, Amigos!’ desta segunda-feira (4), os dois debateram de forma firme após Caio criticar comentários feitos pelo diretor de futebol do São Paulo, Raí.

O representante do futebol do São Paulo e irmão de Sócrates, grande parceiro de Casagrande na época da Democracia Corinthiana, deu entrevista na semana passada e se colocou contra a volta do futebol, além de criticar duramente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Raí chegou a dizer que Bolsonaro deveria renunciar. Caio não gostou do comentário e criticou o dirigente.

Publicidade

Casagrande repreende Caio no ‘Bem, Amigos!’

No programa exibido pelo canal SporTV, Casagrande criticou o posicionamento de Caio Ribeiro e pediu ao colega que seja mais claro no que fala. Segundo Casagrande, dizer que alguém não pode falar algo é antidemocrático. A situação causou uma grande saia-justa no ar.

Casagrande criticou jogadores que se posicionaram a favor de Bolsonaro

Em 2017, um ano antes das eleições presidenciais, jogadores como Felipe Melo, do Palmeiras, e Jadson, então no Corinthians, demonstraram que votariam em Bolsonaro, caso ele se candidatasse à presidência da República. No Bem, Amigos, do SporTV, no dia 8 de maio de 2017, Casagrande comentou as declarações sem citar o nome dos atletas.

Publicidade

Casagrande afirmou à época que vivemos em uma democracia e que qualquer pessoa tem o direito de opiniar e ser a favor de qualquer político. “Mas a partir do ponto que você vai publicamente e apoia um político, tem que saber por que está apoiando. Não é só falar: ‘Eu apoio esse cara’. Porque você, um ídolo, influencia um monte de pessoas, e as pessoas vão atrás daquilo que você está falando”, afirmou o comentarista do grupo Globo. Em seguida, ele disse que dois jogadores, um do Corinthians e outro do Palmeiras, haviam declarado apoio a um político.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Goleiro Bruno lamenta morte de pessoa muito querida: ‘obrigado por tudo’

Que Gabigol que nada! Para presidente do Santos, só Soteldo decide jogos na América do Sul