in

Materazzi revela qual foi o motivo que deixou Zidane enfurecido na Copa

(Foto: Barry Kough/Estadão Conteúdo)
Publicidade

Tudo como um jogador calmo e de classe, o francês Zinedine Zidane, saiu totalmente de suas características ao agredir o zagueiro Marco Materazzi com uma cabeçada em plena final de Copa do Mundo, em 2006. Expulso prontamente, Zizou ainda amargou o revés de sua seleção nas penalidades. Mas o que teria motivado o craque ter tomado essa atitude? A resposta foi dada pela própria vítima do atual treinador do Real Madrid.

Participando de uma live no último sábado (02), Março Materazzi revelou as palavras que acabaram culminando no ato agressivo de Zidane.

Atritos durante o jogo

De acordo com o ex-defensor da Azurra, ele já vinha se desentendendo com Zizou durante a partida antes do fatídico é conhecido lance. Após alguns atritos, Materazzi conta que o francês lhe provocou, e ele deu uma ríspida, que acabou tendo uma devolutiva agressiva.

Publicidade

“Ele [Zidane] disse: ‘Eu lhe darei minha camisa mais tarde’ e respondi que preferia a irmã dele”, disse Materazzi.

Publicidade

“A verdade é que não esperava uma cabeçada nesse momento. Tive sorte porque se fico nervoso nós dois teríamos terminado no vestiário”, afirmou o ex-jogador italiano.

O lamentável episódio acabou selando a vitoriosa carreira de Zidane dentro das quatro linhas de forma amarga. Carrasco do Brasil em 1998 e também naquela edição de Copa do Mundo, Zizou foi eleito o melhor jogador do torneio disputado em solo alemão.

Posteriormente, os dois se reencontraram e fizeram as pazes. Segundo o jornal espanhol “Marca”, a dupla colocou um ponto final no entrevero no ano de 2010. Curiosamente, a informação só veio à público muitos anos depois,

Publicidade
Next post

Ex-jogador de Flamengo, Vasco e Botafogo morre vítima do coronavírus

O presente de Dia das Mães da mãe do Cristiano Ronaldo é de causar inveja