in

Cavani no Verdão? Presidente do Palmeiras revela conversa com o empresário do uruguaio

Divulgação - PSG
Publicidade

De malas prontas para deixar o Paris Saint-Germain, o atacante Edinson Cavani é cobiçado por várias equipes do futebol mundial. Recentemente, o nome do uruguaio foi cotado em alguns times brasileiros, entre eles o Palmeiras. O irmão e empresário do jogador chegou inclusive a ir na Academia de Futebol do Verdão saber do interesse do clube. Em entrevista ao FOX Sports Rádio, o presidente alviverde, Maurício Galiotte, falou sobre o assunto.

O mandatário palestrino confirmou a conversa com o representante de Cavani, mas classificou as tratativas como complexas.

Publicidade


“O irmão do Cavani esteve com a gente em dezembro. Conversamos, ele deixou claro que a situação não estava definida. Ele visitou alguns clubes na América do Sul. Perguntou se o Palmeiras tinha interesse, todos os clubes têm interesse em jogador desse potencial, a gente sabe a complexidade da contratação desse porte. Remuneração significativa, depois não tivemos sequência”
, afirmou o Galiotte.

Segundo o mandatário, a contratação de um jogador do porte de Cavani “seria interessante” para o clube palestrino, mas embora haja o desejo, Galiotte afirmou que na prática responsável é bem difícil do negócio ocorrer.

Publicidade

Fim da linha

Após várias temporadas atuando com a camisa do Paris Saint-Germain, o uruguaio deve mesmo buscar novos ares para a sua carreira. O atacante da seleção uruguaia tem contrato com o clube francês até junho deste ano.

Com o fim do Campeonato Francês, – tendo o PSG consagrado como campeão – Cavani se aproximou ainda mais de sua despedida do clube. No momento, o clube parisiense aguardará como a Uefa irá proceder para retomar ou não a Champions League, onde o clube garantiu vaga para as quartas de final. Além disso, o clube da capital está na final da Copa da França e ainda aguarda aval da FFF.

Publicidade
Next post

Flamengo perde número expressivo de sócios-torcedores em meio à pandemia

Apresentador do SporTV detona possível retomada do futebol em meio à pandemia