in

Funcionário da CBF morre com suspeita de coronavírus

Divulgação - CBF
Publicidade

A pandemia do coronavírus segue assolando a população mundial e fazendo vítimas. De acordo com apuração do Globo Esportem, um funcionário da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) acabou morrendo nesta quarta-feira (29) com suspeita da doença. Jorge Antônio de Oliveira tinha 49 anos e prestava serviço para a entidade na Granja Comary, situada em Teresópolis, no Rio de Janeiro.

O resultado do exame para atestar se Jorge estava ou não com o coronavírus sairá nos próximos dias. O funcionário exercia a função de serviços gerais na Granja Comary e cuidava do gramado e do vestiário da casa da Seleção Brasileira. Com o CT fechado desde março, Jorge estava de férias.

Publicidade

Segundo apuração do portal, o funcionário passou mal na última semana e chegou a apresentar sintomas de tosse seca e dores no peito. Jorge acabou falecendo antes mesmo de dar entrada no hospital.

“Meu pai era um apaixonado pelo que fazia, tinha o maior orgulho de trabalhar na Granja Comary, de ajudar a Seleção Brasileira”, disse uma das filhas de Jorge. 

Publicidade

Números da pandemia no Brasil

Crescendo exponencialmente nas últimas semanas, os casos de coronavírus no país já ultrapassam a barreira dos 73 mil infectados – sendo que mais de 32 mil já estão curados. O número de mortos é de 5.104 pessoas.

Na escala global, o Brasil figura como o 11º país com o maior número de infectados. Contudo, já supera a China – 10º no ranking – no índice de mortos. O país asiático foi o foco inicial da Covid-19. Os Estados Unidos figuram como a nação mais afetada, o número de casos já ultrapassa 1 milhão de pessoas, destas mais de 60 mil morreram.

Publicidade
Next post

Andrés Sanchez deixa nas mãos de Tiago Nunes o futuro de dois medalhões do Corinthians

Corinthians adota medida drástica por conta da crise do coronavírus