in

No escuro! Corinthians não paga conta e energia do Parque São Jorge é cortada

Divulgação
Publicidade

A falta de pagamento de uma conta acabou culminando no corte da energia elétrica do Parque São Jorge no último sábado. Como não quitou o débito de março, a sede social do Corinthians acabou ficando às escuras. A informação foi divulgada inicialmente pela Gazeta Esportiva.

Somente geradores estão em funcionamento, contudo não dão conta de suprir todos os setores. Diante da pandemia do coronavírus, a sede alvinegra paralisou suas atividades para os sócios-torcedores no intuito de evitar aglomerações.

Depois da divulgação da informação, o Corinthians emitiu uma nota oficial admitindo o corte, no entanto, alegou um erro de logística por conta das mudanças ocorridas em razão da pandemia. O clube ainda informa que espera o restabelecimento da energia na próxima segunda-feira (27).

Publicidade

Previsão de retorno

No início deste mês, a diretoria alvinegra deu 20 dias de férias para a maioria dos funcionários da sede social do clube. Apenas alguns seguem trabalhando em caráter home-office. Já os jogadores tiveram inicialmente férias até o dia 20, período que depois foi postergado por mais 10 dias.

Publicidade

Em entrevista ao FOX Sports recentemente, o zagueiro Gustavo Henrique revelou que o clube já se prepara para voltar no início de maio.

No início de abril, o Corinthians deu 20 dias de férias à maioria dos funcionários do clube social e da Arena, mantendo apenas alguns setores em home office.A última partida do Corinthians ocorreu no dia 15 de março, quando empatou em 1 a 1 contra o Ituano, em duelo do Paulistão. Restando duas rodadas para o término da primeira fase do certame, a equipe de Tiago Nunes corre sérios riscos de eliminação.

Publicidade
Next post

Complicou? Flamengo mostra preocupação por renovação com Jesus Jesus; entenda o motivo

Dirigente do Flamengo detona Bandeira de Melo: ‘Covarde ou mau caráter’