in

Craque do futebol diz porque não vai doar dinheiro para ajudar no combate ao coronavírus

Instagram Adebayor
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus mostrou a solidariedade de muitos famosos milionários. No mundo dos esportes, muitos deles doaram dinheiro para ajudar no combate a doença que se disseminou a partir da China e já matou milhares de pessoas em todo o mundo.

Nomes como Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Pep Guardiola, Neymar, Roger Federer, entre muitos outros, doaram milhões para ajudar no combate ao novo coronavírus. Os milhões doados foram muito bem-vindos para as instituições que a receberam.

Adebayor não doa e explica o porquê

Emmanuel Adebayor é um dos maiores jogadores da história de Togo. O jogador do país africano se destacou em grandes clubes da Europa, como Real Madrid e Manchester City. Jogar em clubes gigantes como esses representa ter grandes salários. Isso fica claro nas postadas no Instagram, onde tem 1,3 milhão de seguidores.

Publicidade

“Para aqueles que dizem que eu não doo, deixe eu ser muito claro: eu não doo. É muito simples. Faço o que quero e o que eu quero. Depois, haverá pessoas que me criticarão pelo fato de eu não fazer uma doação”, afirmou atleta em uma live. Grandes nomes do futebol africano doaram dinheiro para o combate ao coronavírus.

Publicidade

Adebayor não admite comparações

Samuel Eto’o, de Camarões, e Didier Drogba, de Costa do Marfim, doaram dinheiro para ajudar seus países no combate à doença. Adebayor não fez o mesmo com Togo e explicou. “Eles podem me comparar com Drogba, eles podem me comparar com Eto’o, mas infelizmente não sou eles. Sou Emmanuel Sheyi Adebayor e sempre farei o que quero”, declarou.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Palmeiras se dá mal e pode pagar R$ 16 milhões por Borja nos próximos dias

Neymar no Timão? Andrés Sanchez relembra proposta e fala sobre interesse pelo craque