in

Flamengo surpreende ao tomar iniciativa para não perder sócios-torcedores

Divulgação - Alexandre Vidal
Publicidade

A pandemia do coronavírus tem prejudicado diretamente a vida financeira dos clubes. Sem renda de bilheteria por conta da suspensão das atividades e vendo patrocinadores declinando de contrato, fica cada vez mais complicado para as equipes manterem suas folhas salariais em dia, mesmo tendo efetuado uma redução. Neste cenário tão complicado, o dinheiro arrecado com os programas de sócios-torcedores acabam sendo vitais.

Ciente da importância da sua torcida no momento, o Flamengo enviou um vídeo aos sócios-torcedores destacando a importância deles diante do momento delicado que o futebol vivencia no momento. Em tom apelativo, o clube pede para que os torcedores se mantenham adimplentes. No ano passado, o Flamengo chegou a casa dos 150 mil associados, atualmente esse número despencou para 110 mil sócios.

“Estivemos juntos desde o início. Quando poucos acreditavam, a nação sempre manteve a fé. E o apoio só cresceu. A cada dia, mais gente fazendo o Flamengo mais forte, mais confiante, mais arrasador. Houve momentos em que só nós acreditamos até o último minuto. As conquistas vieram, milhões vibraram nas avenidas, nas praças, em todo o Brasil. E 2020 começou com mais vitórias”, diz um trecho do vídeo.

Publicidade

O material tem duração de 2 minutos e 30 segundos e aborda o papel fundamental que os torcedores tiveram em conquistas recentes do Flamengo, reiterando que quando a torcida “joga junto”, não há limites para o clube. Na temporada passada, o “Nação” rendeu cerca de R$ 65 milhões aos cofres rubro-negros. No orçamento previsto para este ano, o objetivo era atingir R$ 96 milhões, algo considerado como muito difícil de concretizar no período pós-pandemia.

Publicidade

Férias coletivas

Os jogadores do Flamengo estão de férias de coletivas até o dia 30 de abril. Nos bastidores, a equipe da Gávea estuda uma forma de retomar as atividades de forma alternativa. Contudo, sabe que precisará da liberação dos órgãos de saúde. O técnico Jorge Jesus e três dos seus auxiliares devem regressar ao Brasil no início de maio.

Publicidade

Hulk não esconde mais e fala no regresso: ‘seria um sonho’

Jogo da Champions pode ser investigado por ter sido foco da pandemia do coronavírus