in

Negociação com PSG avança e venda de Alex Telles pode beneficiar Grêmio e Juventude

Record
Publicidade

O lateral-esquerdo, Alex Telles, está há quatro temporadas no Porto. Quando acabar o período de paralisação no mundo do futebol, devido ao coronavírus, o jogador tem um projeto novo para sua carreira e se prepara para de sair do clube português.

Segundo o Globo Esporte, as notícias apuradas indicam que as negociações entre PSG e Porto avançaram. Um dos mais bem-sucedidos agentes do mundo, Pini Zahavi, que já participou também da transação do Neymar para PSG, poderá em breve dar continuidade às negociações para o contrato de Alex.

Outro clube que entrou na competição para adquirir o craque foi o Chelsea, que demonstrou  interesse na contratação do lateral, em fevereiro, e fez uma investida forte por Alex Telles. No ano passado, o Porto cogitou a saída de Alex, mas somente se a multa rescisória de seu contrato fosse paga, no valor de 40 milhões de euros.

Publicidade

Negociação pode salvar times brasileiros 

Alex Telles, que iniciou sua carreira no Juventude e marcou sua passagem no clube do Grêmio,  em 2013, reforçou o elenco, jogando em torneios como a Copa Libertadores, o Campeonato Brasileiro, o Campeonato Gaúcho e a Copa do Brasil.

Publicidade

A negociação da venda deve ficar em torno de 25 milhões de euros, cerca de R$ 144,2 milhões. Com a soma de variáveis e bônus, a quantia pode subir para 30 milhões de euros. Grêmio e Juventude aguardam o desfecho da negociação, que os beneficiará com uma porcentagem do valor da venda.

De acordo com o mecanismo de solidariedade da Fifa, com a venda iminente de Alex Telles, os times que formaram o atleta, neste caso, o Grêmio e Juventude, podem receber até 5% do valor que o PSG pagará na compra do lateral-esquerdo. Segundo o site Rede do Futebol, o Juventude receberá 837,5 mil euros, cerca de 4,8 milhões de reais; e o Grêmio receberá 140 mil euros, cerca de 807 mil reais.

Publicidade
Next post

Vai renovar? Jorge Jesus já tem data certa para retornar ao Brasil; veja detalhes

Andrés nega que Corinthians tomou chapéu do Palmeiras em contratação de atacante