in

Atlético-MG: Ricardo Oliveira perde espaço com Jorge Sampaoli e pode sair

Pedro Souza / Atlético-MG
Publicidade

O atacante Ricardo Oliveira completa 40 anos em maio e caminha para o fim da carreira. O jogador, conhecido por ser um grande fazedor de gols, vive um momento delicado de jejum de gols e reserva no Atlético-MG. A situação pode ficar ainda pior depois da chegada de Jorge Sampaoli.

O argentino foi contratado após a demissão de Rafael Dudamel e chegou ao Atlético-MG para fazer a equipe brigar na parte de cima da tabela de classificação do Brasileirão. O Galo foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana.

Publicidade

Jorge Sampaoli queria Ricardo Oliveira no Santos

No ano passado, o treinador argentino comandava o Santos e pediu a contratação do centroavante Ricardo Oliveira. Sampaoli via o atleta como uma possível peça importante para o estilo de jogo do alvinegro da Vila Belmiro. O negócio, porém, não foi adiante.

Para tirá-lo do Atlético-MG, o Santos teria que desembolsar nada menos do que R$ 35 milhões. Muito dinheiro para a equipe que não estava bem financeiramente. O Peixe até queria envolver Sasha e Copete, mas o Galo não quis fazer negócio.

Publicidade

Ricardo Oliveira é visto como dispensável por Sampaoli

Um ano depois de quase contratá-lo para o Santos, Jorge Sampaoli vê Ricardo Oliveira como jogador dispensável no Atlético-MG. O centroavante deve brigar por posição com Diego Tardelli, que tem 35 anos e foi contratado no início da temporada. Se tiver que usar um dos dois, Sampaoli deve optar pelo mais jovem entre eles. Neste cenário, o futuro de Ricardo Oliveira no Galo está em risco.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Neymar se afasta do Santos e voltaria ao Brasil para jogar no Flamengo

Inveja? Presidente do Corinthians alfineta gestão do Flamengo: ‘Que patamar está?’