in

Efeitos da crise? Flamengo pode reduzir elenco em função da pandemia do coronavírus

Divulgação
Publicidade

A paralisação do futebol em função da pandemia do coronavírus impactou diretamente os clubes brasileiros. Sem receitas por conta da falta de jogos e com os patrocinadores declinando, as equipes têm encontrado grandes dificuldades para arcar com as suas respectivas folhas salariais. Nem mesmo os times considerados milionários escapam deste cenário. Recordista em faturamento no ano passado, o Flamengo pode reduzir seu elenco para encarar a crise pós-pandemia.

Na tentativa de amenizar a situação de preocupação financeira, o clube rubro-negro já tomou a ação de buscar uma linha de crédito bancária de R$ 50 milhões para não passar aperto. Tudo acabou sendo motivado após o clube atrasar parcelas referentes às aquisições do zagueiro Léo Pereira e do atacante Thiago, comprados junto ao Athletico e Náutico, respectivamente.

Publicidade

Além da ausência da altas receitas por bilheterias, o Flamengo viu a Adidas pedir prorrogação de pagamento na parcela de patrocínio, e a Azeite Royal declinar de contrato acertado por conta da pandemia da Covid-19.

Na berlinda

De acordo com informações do FOX Sports, a próxima iniciativa da diretoria rubro-negra na contenção da crise seria enxugar o elenco, mesmo tendo três competições pela frente no segundo semestre. A lista de jogadores negociáveis seria encabeçada pelo colombiano Berrío e o paraguaio Piris da Motta. 

Publicidade

O primeiro deles, tem contrato com o clube da Gávea até o fim deste ano, mas não vem sendo muito aproveitado por Jesus, principalmente pela alta concorrência em seu setor. Já Piris da Motta tem vínculo até 2022, mas perdeu espaço após a chegada de Thiago Maia, e ainda viu a concorrência aumentar com o ingresso de Vinicius Souza e Hugo Moura, ambos atletas da base.

Fora a dupla, o Flamengo poderia emprestar ou negociar atletas que vieram das suas categorias de base, grande parte é pouco aproveitada na equipe profissional. Entre os nomes estão os zagueiros Rafael Santos e Dantas, o volante Hugo Moura, o meia Pepê e o atacante Lucas Silva.

Publicidade
Next post

Tem espaço? Felipão fala sobre possibilidade de Jorge Jesus treinar a Seleção Brasileira

Sem limite para calotes? Cruzeiro contratou pai de santo para evitar queda e não pagou