in

Barcelona surpreende ao anunciar decisão para ajudar no combate do coronavírus

Divulgação
Publicidade

Engajado na luta contra o coronavírus, o Barcelona tomou uma decisão exemplar nesta terça-feira (21). Pela primeira vez na história, o clube blaugrano pode mudar o nome do seu estádio, o Camp Nou. Em comunicado divulgado em seu site oficial, os catalães colocaram o “naming rights” da sua casa à disposição da Fundação Barça, onde todo o dinheiro será revertido para o combate ao Covid-19.

A Fundação Barça ficará responsável por encontrar uma empresa que queira exibir sua marca no lendário estádio, fundado em 1957. A oferta vale para a próxima temporada. Com isso, o palco de jogos dos blaugranos se chamará Camp Nou mais o nome da empresa escolhida. Apesar da iniciativa, a decisão da marca que estampará o nome no estádio ainda passará sobre avaliação de uma Assembleia Geral no clube.

Publicidade

“Estamos muito felizes por colocar em prática esta iniciativa que oferece algo tão emblemático quanto o nome do nosso estádio, para que instituições, organizações e empresas que se associem com ele possam contribuir para a luta contra a Covid-19” – afirmou Jordi Cardoner, vice-presidente do Barcelona e da Fundação Barça.

Como será o processo de divisão?

O Barcelona informou que uma parte do montante arrecado na venda dos naming rights será utilizada em um projeto contra o coronavírus que é conduzido pelo parceiro, enquanto o resto das cifras serão destinas às outras ações que têm o mesmo objetivo.

Publicidade

Por conta da pandemia, os jogadores blaugranos chegaram a um acordo com a diretoria do clube, e 70% dos vencimentos dos mesmos foram reduzidos para que outros funcionários não fossem demitidos por conta da crise.

Publicidade
Next post

De saída? Fábio Carille surpreende e está pronto para tirar esse craque do Flamengo

Neymar está disposto a tomar atitude surpreendente para acertar com o Barça, diz jornal