in

Muricy Ramalho no Corinthians? Ex-treinador faz revelação importante sobre passado

Divulgação - São Paulo
Publicidade

Com um currículo vitorioso seja como jogador ou como técnico, Muricy Ramalho escreveu sua história dentro do futebol fazendo jus ao seu bordão “Aqui é trabalho meu filho”. Campeão da Libertadores no comando do Santos e tetracampeão brasileiro – três vezes pelo São Paulo e uma pelo Fluminense – o agora comentarista do SporTV participou de uma live com o jornalista Benjamim Back na última segunda (20), e fez algumas revelações do passado.

Tendo acumulado passagens por três dos quatro grandes do estado de São Paulo, Muricy Ramalho só não comandou o Corinthians. Sobre o assunto, o ex-treinador revelou que oportunidades e convites não faltaram para comandar o arquirrival do Tricolor do Morumbi.

“Os corinthianos me param na rua e falam que faltou o Corinthians na minha carreira. Acontece é que eu até tive alguns convites do Andrés na época (…) Ele me perguntava quando eu ia assumir o Corinthians e eu respondia: ‘Pô, tu só me convida quando eu to empregado, que conversa é essa?’. Eu quase nunca estava no mercado”, revelou. Muricy.

Publicidade

Seca do São Paulo

Um dos protagonistas na campanha histórica do São Paulo nas edições do Campeonato Brasileiro de 2006, 2007 e 2008, Muricy Ramalho acredita que o Tricolor acabou “parando no tempo”, e vivendo de títulos passados. Paralelamente a isso, os arquirrivais foram se estruturando, deixando assim o time do Morumbi para trás.

Publicidade

Questionado sobre a passagem de Rogério Ceni no comando do São Paulo, Muricy afirmou que o ex-goleiro não deveria ter aceitado o convite pelo fato de ainda não estar “maduro” para a função que estava iniciando. Segundo Muricy, Ceni tem potencial para ser um dos melhores treinadores do país.

Publicidade
Next post

Ex-meia do Corinthians revela mágoa com o clube: ‘Fui obrigado a ser emprestado’

Presidente da FPF faz revelação importante sobre retomada do futebol no país