in

Jogador do Botafogo detona comportamento de Bolsonaro em período de pandemia

Vítor Silva- Divulgação - Botafogo
Publicidade

Assolando a população brasileira, a pandemia do coronavírus tem sido assunto não só na esfera da saúde pública como tem transpassado para o lado político. Postura, posicionamento e comportamentos do atual presidente da República são alvos de críticas constantes não só da oposição. Até mesmo os jogadores de futebol já se manifestam contra certas atitudes.

Em entrevista ao portal 0223, da Argentina, o zagueiro hermano Joel Carli contou como está sendo a sua rotina no Brasil em tempos de pandemia, e não pensou duas vezes ao criticar o modo de Bolsonaro conduzir a situação.

“É difícil acreditar que o presidente faça as coisas que faz. Por sorte os governadores não pensam da mesma forma. Tanto em São Paulo como no Rio de Janeiro, onde têm muitos contágios e mortes, tentam levar a situação seriamente. Os shoppings e escolas estão fechadas, as atividades estão paradas”, afirmou o zagueiro do Botafogo.

Publicidade

Quarentena frouxa

Carli ainda relata ao portal que a quarentena adotada no Brasil não é obrigatória, diferente do que ocorre em seu país, onde o índice de casos são bem mais baixos. O zagueiro do Glorioso destaca que as pessoas podem andar na rua sem serem multados ou advertidos pela polícia, enfatizando que há só uma recomendação para a população ficar em casa.

Publicidade

Tendo contrato com o Botafogo até o fim do próximo ano, Joel Carli mora no Rio de Janeiro com sua esposa e um filho.

No último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrava 2.372 mortes em decorrência do coronavírus. O estado de São Paulo lidera o número de infectados e de óbitos no país.

Publicidade
Next post

Vai voltar? Jô fala sobre interesse do Corinthians, mas cogita prazo para retorno

De saída do Santos? José Carlos Peres pode perder esse craque: ‘interesse da Europa’