in

Felipão revela que esteve próximo de acerto com clube argentino e fala sobre aposentadoria

Cesar Greco - Ag. Palmeiras - Divulgação
Publicidade

Com uma bagagem vasta no futebol, seja à frente de clubes ou de seleções, o experiente Luiz Felipe Scolari quer retornar ao futebol logo após a pandemia. Em entrevista à “Radio Transamérica”, o treinador revelou que recebeu inúmeras propostas após ter deixado o Palmeiras, e esteve muito próximo de ir para o futebol argentino.

Disponível no mercado, Felipão contou que ficou bem perto de um acerto com o Boca Juniors. Contudo, eleições na diretoria do clube xeneize acabaram minando a possibilidade dele ser contratado.

Publicidade

“Uma situação que estava praticamente encaminhada era a do Boca Juniors, com o Batistuta. Já havíamos conversado várias vezes sobre como iríamos trabalhar. Mas não venceu a chapa que defendia essa situação”, disse Scolari.

Segundo o comandante do Penta, logo após sua saída do Verdão – clube onde teve três passagens – ele foi procurado por duas seleções, uma da América do Sul e outra na Coreia. Mas questões de valores e empecilhos básicos também dificultaram um acerto.

Publicidade

Desejo de continuar

Aos 71 anos de idade, o treinador que já trabalhou em sete países distintos reforçou o seu desejo de continuar no futebol e se mostrou aberto para propostas, descartando possibilidade de aposentadoria em curto prazo. Segundo Felipão, há muitos profissionais experientes disponíveis que têm totais condições de trabalhar no atual mercado.

“Não tenho nada definido, depende da oportunidade. Se tiver um bom projeto, uma coisa definida, que possamos conhecer e trabalhar, claro que eu trabalharia em qualquer lugar do Brasil ou do mundo. Pretendo continuar por mais uns dois, três anos, dentro do futebol como técnico. Isso sim eu vou continuar”, disse o experiente treinador.

Em sua terceira passagem no Palmeiras, Felipão conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 2018. Foram 77 jogos disputados, 46 vitórias, 21 empates e apenas 10 derrotas. Para a vaga do treinador, a diretoria alviverde contratou Mano Menezes, que acabou durando pouco meses no comando técnico palestrino.

Publicidade
Next post

Presidente do Barcelona sai em defesa Ronaldinho e diz que ex-jogador foi ‘enganado’

Grêmio pode perder esse craque para o futebol europeu