in

Nelson Teich assume Ministério da Saúde e dirigentes do futebol devem estar de olho

TV Brasil
Publicidade

O futebol brasileiro está paralisado desde o mês passado devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. No momento, dirigentes e federações discutem o momento certo da volta das competições. Ainda não há previsão de quando os torneios voltarão.

O que se sabe com certeza é que o calendário será curto para que todos os jogos fossem realizados. No âmbito nacional, há o início do Campeonato Brasileiro e a continuação da Copa do Brasil. No âmbito continental, a Copa Libertadores da América e a Copa Sul-Americana, ambas com equipes brasileiras na disputa, vão prosseguir.

Publicidade

Há ainda os torneios estaduais. Competições como Paulistão, Carioca, Mineiro e Gaúcho foram paralisadas e teriam jogos a serem disputados até que o campeão seja definido. Muitos  jogos, poucas datas e um problema para os dirigentes.

Dirigentes torciam pela saída de Mandetta

A demissão do ministro da Saúde Henrique Mandetta pode ter sido comemorada por alguns dirigentes do futebol brasileiro. De acordo com o jornalista Cosme Rímoli, do R7, os dirigentes estariam na torcida para que Mandetta fosse demitido. O ex-ministro era visto como linha dura e se posicionava contra o retorno do futebol.

Publicidade

Novo ministro seria esperança para dirigentes

Neste cenário, a chegada de um novo ministro serviria para dar esperança aos dirigentes. Nelson Teich foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para a pasta da Saúde. “Quando você proíbe uma partida de futebol, entre outros, você parte para um histerismo. (…) Poderiam vender um percentual de ingressos pelo menos. Levando-se em conta a quantidade de pessoas que comportam nas arquibancadas e não partir para proibir isso ou aquilo”, afirmou o presidente. Teich pode ter a mesma visão.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Barca? Corinthians tem 13 jogadores em fim de contrato; veja a lista

Cruzeiro: presidente detona contrato de Fred: ‘chapeuzinho vermelho diante do lobo mau’