in

Barca? Corinthians tem 13 jogadores em fim de contrato; veja a lista

Daniel Augusto - Divulgação - Corinthians
Publicidade

A paralisação do futebol em decorrência na pandemia do coronavírus impactou não só a rotina dos clubes como as questões contratuais de jogadores. No Corinthians, por exemplo, vasta é a lista de jogadores que estão com seus respectivos vínculos próximos de vencer. Ao todo, são 13 atletas que ainda estão com a situação indefinida no clube, quatro deles atuam na equipe principal.

Diante da crise, o aspecto financeiro pode acabar pesando na tomada de decisão da diretoria, uma vez que alguns dos atletas têm alto custo de mercado. A relação é encabeçada por Mauro Boselli, que apesar da indefinição, é o jogador que tem a situação melhor encaminhada. O argentino tem vínculo com o Timão até 30 de dezembro.

Outro que também não tem permanência assegurada é Vagner Love. O experiente camisa 9 também tem vínculo até o fim do ano, e valor de mercado fixado em 1 milhão de euros, segundo dados do Transfermarkt.

Publicidade

O terceiro da lista é o zagueiro Léo Santos. Diferentemente da dupla, o jogador tem vínculo até 12 de setembro com o alvinegro. Ou seja, caso nenhuma renovação seja acertada, ele pode deixar o clube sem render nada ao Timão, podendo já inclusive assinar um pré-contrato com qualquer time de dentro ou fora do país.

Publicidade

Quem também figura no time de TIago Nunes e tem cenário indefinido é o lateral Sidcley. Com contrato vigente até 31 de dezembro, o jogador não tem agradado a torcida alvinegra após o seu retorno do futebol ucraniano. O atleta tem valor de mercado de 3,2 milhões de euros.

Outros nomes

  • Guilherme Romão (Botafogo-SP)
  • Lucca (Al-Khor) 
  • Caíque França (Oeste)
  • Carlinhos (Marcílio Dias),
  • Jean (Vitória)
  • Luidy (CRB),
  • Mantuan (Oeste)
  • Marciel (Juventude)
  • Renê Júnior (Coritiba)

Além do quarteto citado, o Corinthians ainda tem outros nove jogadores citados acima, cujo os contratos estão perto do fim. Contudo, nenhum atua no clube, estando emprestados para outras equipes.

Publicidade
Next post

Diego Ribas no Santos ou no Atlético-MG? Salário alto é um grande problema

Nelson Teich assume Ministério da Saúde e dirigentes do futebol devem estar de olho