in

Bruno Henrique no Palmeiras? Bastidores do mercado da bola são revelados

Divulgação Flamengo
Publicidade

Bruno Henrique é um dos principais atacantes do futebol brasileiro na atualidade. O camisa 27 do Flamengo fez um 2019 impecável e foi fundamental nas conquistas da Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro. Em 62 partidas no ano, marcou 35 gols e foi o vice-artilheiro da equipe, atrás de Gabigol.

Em 2018, a situação de Bruno Henrique era bem diferente. O jogador teve um ano instável no Santos devido a uma lesão no olho que o tirou do gramado por alguns meses. Naquele momento, o atacante não era o sonho de consumo das equipes como é agora. 

Publicidade

Bruno Henrique foi oferecido ao Palmeiras

Antes de ser contratado pelo Flamengo, Bruno Henrique foi oferecido ao Palmeiras. Quem revelou isso foi Alexandre Mattos, que era diretor de futebol do Verdão na época, em entrevista ao canal Fox Sports. Mattos frisou que na época não havia pedidos pelo atacante feitos por torcedores na internet. 

“A nossa comissão colocou duas, três situações, e uma delas era o Carlos Eduardo, mas não colocou o Bruno Henrique. Acho uma sacanagem, hoje, falar: ah, pagaram a mesma coisa do Bruno Henrique (pelo Carlos Eduardo). Então vamos falar que o São Paulo pagou mais pelo Pablo do que o Bruno Henrique, o Corinthians paga mais salário para o Boselli ou Vagner Love do que para o Bruno Henrique”, afirmou Mattos.

Publicidade

Atacante brilha no Flamengo

O Palmeiras não quis Bruno Henrique e o atacante foi brilhar no Flamengo. Sob o comando de Jorge Jesus, o futebol do atacante cresceu ainda mais e ele se tornou o que é hoje: eleito melhor jogador do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores da América e bola de prata no Mundial de Clubes. Se o Flamengo tivesse vencido o torneio, ele teria sido o Bola de Ouro.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Corinthians: Andrés Sanchez procurou pai de Neymar e queria o craque no Timão

Ex-diretor de futebol do Palmeiras explica ‘não’ dado para a compra de artilheiro do Fla