in

Romildo Bolzan surpreende sobre compra da Arena do Grêmio: ‘situação de dificuldade’

Divulgação - Grêmio
Publicidade

A pandemia do coronavírus que assola a população mundial impactou diretamente a rotina e parte financeira e de negócios dos clubes de futebol. No Grêmio, por exemplo, a compra da gestão da Arena deve ficar apenas para o próximo ano. O cenário atual fez com que a diretoria do Imortal colocasse as tratativas em “modo de espera”.

A informação foi confirmada pelo presidente Romildo Bolzan, que indicou que alguns avanços ainda podem ocorrer neste ano, contudo, um novo prazo não estabelecido pela diretoria do Tricolor justamente pela situação de incógnita que vive o futebol nacional.

“Essa compra está em stand-by completo. Vamos tentar fazer mais alguns movimentos e eliminar mais algumas situações. Não tenho nada de novo e classifico ela em uma situação de bastante dificuldade para esse ano”, afirmou o mandatário do Tricolor.

Publicidade

Para concluir a negociação, o Grêmio precisa pagar a OAS cerca de R$ 113 milhões – valor este que foi reduzido em R$ 87 milhões. Contudo, o time gaúcho só irá financiar R$ 53 milhões, via empréstimo bancário, e o restante do montante virá do negócio do terreno que está alocado a antiga casa do Tricolor, o estádio Olímpico.

Publicidade

Apesar do encaminhamento da negociação, o acerto ainda depende de alguns aspectos burocráticos a serem resolvidos no Ministério Público.

Férias prorrogadas

Em função da pandemia do coronavírus, o Grêmio anunciou na última terça-feira (14), a prorrogação das férias coletivas aos jogadores, que agora vai até o dia 30 de abril. Período que ainda pode ser postergado caso o cenário não melhore significativamente.

O último jogo do Tricolor foi no dia 15 de março, quando os comandados de Renato Gaúcho superaram o São Luiz por 3 a 2, na Arena, em confronto da 3ª rodada do segundo turno do Gauchão. Naquela oportunidade, o Tricolor jogou com portões fechados.

Publicidade
Next post

Flamengo tem arma importante para garantir estrela mundial

Ronaldinho surge em live de grupo de pagode mesmo estando em prisão domiciliar; assista