in

Meia do PSG revela que atitude de Neymar foi determinante para classificação na Champions

Reprodução - Instagram
Publicidade

Criticado pelas polêmicas extra-campo, o atacante Neymar ainda não conseguiu se consolidar como ídolo do Paris Saint-Germain, mesmo em três anos vestindo a camisa do clube. O jogador brasileiro, no entanto, acumula boas apresentações neste período, e ao contrário do que possa transparecer, se apresenta como um líder na equipe francesa.

Em entrevista à emissora “Canal+”, o meio-campista espanhol, Ander Herrera, elogiou Neymar e revelou uma ação que o atacante teve às vésperas do segundo e decisivo jogo frente ao Borussia Dortmund, valendo vaga nas quartas de final da Champions League.

Publicidade

Segundo Herrera, o camisa 10 reuniu todo o elenco do do Paris Saint-Germain em sua casa para realizar um almoço no intuito de “fechar” ainda mais o grupo na busca pela classificação.

“Ele fez muito, muito pelo grupo nesse período, nessas duas, três semanas. Todos nós fomos para a casa dele comer e estar juntos. Ele levou todo mundo para lá. E o vi muito, muito, concentrado. Quando vejo alguns jornalistas dizerem que Neymar não pensa no PSG, eu lembro desse período”, afirmou Ander Herrera.

Publicidade

Fim da maldição

E a atitude de Neymar acabou dando certo. Com portões fechados em razão da pandemia do coronavírus, o PSG não tomou conhecimento dos alemães, e conseguiu reverter a derrota sofrida por 2 a 1, no Signal Iduna Park. O camisa 10 que já havia marcado no primeiro confronto, abriu contagem para os parisienses e Bernat selou a classificação dos franceses, ainda na primeira etapa.

O resultado positivo levou os comandados de Thomas Tuchel às quartas do torneio continental, algo que não acontecia há três temporadas – sempre com a equipe caindo de forma precoce.

Publicidade
Next post

Caso Ronaldinho: conversa no celular de Assis pode complicar tudo – ‘eles sabiam’

Ronaldinho Gaúcho tem regalias em prisão domiciliar no Paraguai