in

Muricy Ramalho critica Jorge Sampaoli sem medo e o chama de ingrato

Reprodução SporTV
Publicidade

Muricy Ramalho é conhecido por não ter papas nas línguas desde os tempos em que era treinador. Atualmente, ele trabalha como comentarista do canal SporTV, do grupo Globo. Muricy concedeu entrevista à Rádio Nove De Julho, em São Paulo, e não poupou o treinador Jorge Sampaoli das críticas.

Muricy Ramalho criticou a passagem de Sampaoli pelo Santos. Vale lembrar que Muricy está na história do Peixe. Em 2011, sob o seu comando, a equipe que tinha Neymar e Paulo Henrique Ganso conquistou a Copa Libertadores da América. Muricy havia batido na trave com o São Paulo, em 2006, quando foi vice-campeão.

Publicidade

Muricy critica Sampaoli

O comentarista Muricy criticou Sampaoli e também a diretoria do Santos. “Não pode dar um time de futebol inteiro para ele. Ele fez o que quis. Contrata jogador, tira jogador. Um monte de estrangeiro que não jogou. Chegaram 15, 16 jogadores e aí dizia que não tinha reforços. Isso eu não concordo. O treinador é empregado do clube, mas infelizmente o presidente entregou o clube para o Sampaoli”, afirmou o ex-treinador do Santos.

Para Muricy, um treinador não pode ser dono do clube e Sampaoli se comportou como se fosse dono do Santos. Muricy disse ainda que onde Sampaoli chega quer mandar em tudo. Sob o comando do argentino, o Santos foi vice-campeão brasileiro, mesmo tendo um elenco considerado limitado perto de outras equipes.

Publicidade

Muricy chama Sampaoli de ingrato

Muricy Ramalho não poupou o treinador argentino das críticas. Segundo ele, Sampaoli fez o que quis no Santos. “E depois não teve nenhum tipo de gratidão”, afirmou. Muricy finalizadou dizendo que Sampaoli é um excelente treinador, mas difícil de conviver, e que o presidente do Santos também cometeu erros durante a passagem do argentino pela Vila Belmiro.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Mercado da bola: Santos pode ‘perder’ Diego Ribas para o Atlético-MG

Corinthians: ex-presidente do Flamengo é convidado para trabalhar no Timão